Total de visualizações de página

quarta-feira, agosto 05, 2015

Assembleia do Prêmio Xibé ganhou espaço no Bem Viver do jornal A Crítica


O Prêmio Xibé quer ouvir você!

Ouvir, ver e sentir! Para tornar a eleição ainda mais democrática, a equipe responsável pela organização do Prêmio Xibé vai organizar no próximo dia 16 de Agosto, uma assembleia coletiva para tratar do regulamento da quarta edição da premiação. O encontro será às 15h, no Largo São Sebastião, no Centro de Manaus.
Desde o ano passado, o Prêmio Xibé da Música Amazonense apresenta uma plataforma colaborativa da escolha das principais categorias. A diretora criativa do Xibé é a jornalista Renata Paula, de acordo com ela, a interatividade pretende ainda melhor. “Recebemos muitas sugestões para otimizar nosso processo e o interesse de voluntários em ajudar no projeto, por isso a assembleia, para transformar cada etapa numa ação pública e popular”, explicou.
Apreciadores da música, fãs dos artistas regionais, músicos, jornalistas e produtores culturais e de eventos são os principais convidados. Assuntos como regulamento, novas categorias, voluntários, tipos de premiação e ideias para o Dia X estarão em pauta durante a reunião coletiva. O prêmio não tem restrição para estilos, o critério determinante é que tanto os músicos quanto as músicas concorrentes precisam ser autorais.
Os prazos para indicações dos participantes já estão definidos o que ainda está pendente é a escolha das categorias populares. As indicações poderão ser feitas de 20 de agosto a 05 de Setembro. De 06 a 19 de setembro, é o processo da inscrição, os músicos e artistas autorais precisarão efetivar a participação na competição neste prazo. Caso o artista tiver várias indicações, ele pode escolher quais categorias quer participar.
As duas primeiras edições do prêmio foram eleitas pela própria jornalista, com a criação do Portal Xibé o contato com o público foi crescendo, tornando possível ter a interação popular. “O público escolhe os indicados, entramos em contato com os artistas e se eles confirmaram a participação, a votação começa”, acrescentou.
Vale lembrar, que o regulamento usado na edição passada e outras informações ainda estão disponíveis no site do Prêmio. www.premioxibe.com.br
DIA X 
Com o intuito de contemplar outras vertentes artísticas, o Dia X é o grande dia para conhecermos os vencedores. A cerimônia de premiação está prevista para o dia 13 de Dezembro, conta com exibição de cinema, exposição de fotografia e artes visuais, além de culinária criativa, em um local ainda a ser definido.
Os artistas premiados terão a chance de tocar ao vivo durante a comemoração do segundo aniversário do Portal Xibé, o evento tem a proposta de ser ao ao livre, com expectativa de público de até cinco mil pessoas e com o maior número de manifestações culturais. A última edição do evento ficou marcada por uma Batalha de MCs, com um toque de hip-hop pra tornar o ambiente cada vez mais democrático.


segunda-feira, março 09, 2015

Acender a lua e se banhar no sol!

A quarta edição do evento O Som que Acende a Lua consegue provar a diferença entre uma festa organizada por produtor cultural e músicos. Não quero gerar rivalidade e sim, evidenciar a diferença. Tanto pela escolha das bandas, articulação de artistas e até a escolha do lugar.
Os illuminatis do Luso, esqueceram que estavam de bolsos vazios e preferiram abrir mão da responsabilidade de uma festa plural. Eu prefiro não saber o real motivo pelo rompimento do contrato com a produtora Fela Kuti Espaço Sideral para a realização do evento. Mas como meu amigo Daniel Fredson é adestrador de fênix, pariu um puta local legal numa gestação cultural em menos de 24h.
Confesso que trocaria a ordem de algumas bandas, cheguei um pouco tarde e perdi o início da festa, mas quando cheguei já era show da Platinados. Er.. O que falar do show que gira a cabeça, aquece o sangue e faz a gente sentir o pulso latente de acordo com os tambores. Uma viagem pelo tempo e que te joga pra décadas a frente...
As exposições me seguraram na área trance, o batidão eletrônico também segurou os roqueiros por muito tempo no ‘tush tush’. O final ficou por conta da Alaídenegão, que dispensa comentários, já era dia e o sol já tava quente quando a neguinha acabou. O show deu a certeza que o domingo das mulheres ia ser ótimo, quem ficou viu.

terça-feira, janeiro 06, 2015

Destaques de 2014


  • Melhor vocalista – Tennesse Nogueira /Johnhy Jack Mesclado
  • Melhor baixista –  Luiz Roberto Góes/Coyotes Voadores
  • Melhor guitarrista – Léo Lima/João Pestana, Pacato Plutão e Superalma
  • Melhor Baterista – Aline Castelo Branco/Espantalho
  • Melhor frontman – Marcos "Tucuman" Chaves
  • Melhor performance – Supercolisor
  • Melhor performance individual  - Marcelo Nakamura
  • Melhor show – Ctrl+Z
  • Melhor banda – Johnhy Jack Mesclado
  • Melhor casa de show –  Estação Cultural Arte Fato
  • Melhor cerveja – Barão Cervejas e Empório
  • Melhor festa – Malaba Jam Festival
  • Melhor tributo –  Ok Computer/Screaming
  • Melhor coro – P8 Crew
  • Menção honrosa – Negro Lamar
  • Maior saudade – Cauxi Espaço Cultural
  • Melhor link – portalxibe.com.br 
  • Revelação 2014 – Pacato Plutão
  • Melhor Participação – Tennesse/Ramon e Infâmia no Dia Mundial do Rock nos Bilhares
  • Voto de confiança para 2015 – Conexão Zona Norte
  • Melhor Música – Banda de Mentira - Os Playmobils
  • Show mais engraçado – Lavoisier 
  • ‘Vai tomar no cu’ do ano – Curadoria do Festival Amazonas de Rock
  • Vergonha do ano – Apresentação do Pirão AM
  • Melhor show nacional – Nando Reis/Ponta Negra
  • Melhor larica – Pretinho Básico
  • Melhor lançamento – Shadows of Insanity - Evil Syndicate
  • Maior orgulho – Alaídenegão
  • Hit do ano – Talento tem! - Leno 
  • ‘Não acredito que perdi’ do ano – Mark Ramone
  • ‘caralho que porra eh essa?' do ano – Bar do Armando na Copa 
  • Cagada do ano – Festival O Alienígena 
  • Surpresa do ano – Arte, Rock e Putaria
  • Pior banda – Demônios do Bodozal