Total de visualizações de página

domingo, dezembro 18, 2005

Normallie

Estava varrendo o quarto quando ouvi um anuncio na televisão, a repórter do Plantão de Noticias com uma voz trêmula descrevia uma jovem de 15 anos que foi encontrada morta, com vários hematomas pelo corpo. Ela estava em baixo da ponte Waldery Areosa na entrada da cidade. Leonardo correu para o telefone assustado, ficou sussurrando algo sobre o assunto do noticiário quando me aproximava disfarçava a conversa, pelo pouco que eu ouvi parecia falar com Ricardo.

Leonardo – Ricardo! Encontraram a Nellie, o que a gente faz?

Ricardo – Ok? Calma rapaz, não temos que nos preocupar, não sabemos de nada esqueceu? Deixa a policia investigar, e quando não tiver o que fazer entregamos o jogo.


Leonardo – É verdade, até lá as coisas já se acalmaram.

Essa foi a ultima frase da conversa que pude ouvi na quarta feira enquanto estava limpando a casa da família Fonseca, achei muito estranho, mas continuei no meu trabalho, afinal de contas esses meninos sempre gostaram de assuntos funestos. Nunca fui muito de desconfiar dos meus patrões, mesmo por que eles sempre foram pessoas de boa índole, na hora nem pensei e fiz meu serviço tranqüilamente o resto do dia. Porém, no decorrer da semana algo me assustava no comportamento de Leonardo, principalmente quando falava ao telefone com Ricardo. Algo muito grave tinha acontecido ou aconteceu naqueles dias.


Tudo bem, agora vou contar do que estou falando: Eu trabalho na casa do Leonardo mas todos o chamam de Léo, é um menino magro, com cabelos negros e curtos, ele tem 16 anos, é meio despreocupado com a vida, usa sempre shorts e camisas largas, se banhava em perfume, um tal de Normallie, pra me não passava de álcool puro, gosta de jogar aqueles jogos de tabuleiros, cheio de dados, cartas, e tarefas que os jogadores precisam saber. O Ricardo é o seu vizinho e melhor amigo de Léo, eles têm a mesma idade, gostam das mesmas coisas, falam sobre os mesmo assuntos. É um ótimo garoto. Ele mora na rua Salomão Coelho, próximo à padaria do seu Juca, que fica no centro da cidade, três ruas mais abaixo fica a casa do Léo (onde eu trabalho). Eles se conhecem desde pequenos e sempre foram muito serelepes e bastante curiosos. Se reunião todas as noites de sábado para ouvir as historias sobre a guerra do Vietnã que o avô de Léo, Seu Normando contava com entusiasmo e devoção. Ele era um nostálgico militar apaixonado por guerras, morava com os pais de Léo. Todo o tempo se queixava e se dizia inútil por está velho, sua voz era grave e muito rouca, sempre enfatizando as ultimas silabas das palavras, me tremia as pernas todas as vezes que dava um grito, vivia sempre entediado, então... Resolvia passar o tempo contando historias e relembrando o passado. Ricardo adorava desenhar e inventar estórias, ficava impressionado com as historias da guerra.

Certo dia, perguntou a seu Normando, como eram feitas às torturas com os prisioneiros de guerra, foi quando o avô de Léo começou a lhes contar sobre corpos decapitados, machadadas no crânio, mutilações etc. Os garotos estavam fascinados e horrorizados e horas depois enquanto eu preparava um lanche, começaram a conversar sobre o ocorrido, isso os perturbavam, seus assuntos não eram outros, apenas relembrando que tudo o que seu Normando contava parecia mais assustador ainda pelo seu ar de suspense e sua voz pausada, como se o que ele falasse fosse algo inventado por sua cabeça, muitas vezes tão reais em seus sonhos, seus pensamentos, eram tão intensos que não pensavam em outra coisa a não ser nessas loucas histórias...

Dias antes a noticia da morte de Nellie, Léo e Ricardo brincavam no quintal, Léo saía toda vez com uma caixa estranha, havia uns desenhos feitos por Ricardo e símbolos rabiscados com caneta tinteiro preta dos quais eu não tinha o menor conhecimento. Até que Ricardo teve a idéia de inventar um jogo baseado nos contos do avô de Léo, na verdade, parecia um jogo, um pouco sem noção, ou não terminado, mesmo assim eles estavam entusiasmados com esse novo projeto (assim nomeado por eles), ficavam horas no porão da casa, pensando, escrevendo, buscavam em alguns livros, às vezes eles saíam e só voltavam muito depois, sempre achei muito estranho. Mais desconfiada que eu, estava meu filho do meio, o George, ele estudava na mesma escola que os meninos, não falava muito com eles mas os conhecia. Por ter chocado tanto a cidade, a policia da época, fez parecer a morte de Nellie um suicídio e abafou o caso, deixando de lado todas as especulações. O estranho de tudo isso, é que ela foi encontrada, por um caseiro de uma fazenda há 3km de distancia da ponte, por causa do forte odor e urubus sobrevoando pela região, o corpo dela já estava em estado de putrefação e com alguns ossos quebrados cirurgicamente, mas o sumiço dela não causou desespero da família nem de seus amigos. Tudo muito estranho, os rapazes estavam levemente diferentes, após a descoberta da morte da menina.

Ninguém sabia qual o último paradeiro dela nem como ela chegou até a ponte, não havia impressões digitais ou qualquer munição de arma. Em um desses dias que eles saíram bem cedo e só voltaram no final da tarde. George e eu limpávamos o canteiro quando ouvimos conversas preocupadas maquiavélica os meninos pareciam apreensivos, sempre desconfiados escondendo papeis e falando sobre alguém ter escolhido um dos caminhos e tudo muito confuso. Algo como se estivesse de escolher entre a vida e a morte. Esse foi o ultimo ano que eu trabalhei na casa da família de Léo, só ouvi falar nos garotos 10 anos depois...

Léo – Bom dia Dona Janete! A Senhora sabe se o Ricardo já chegou?

Janete – Ainda não Seu Leonardo, mas ligou avisando que ia demorar, parece que houve um acidente na rua principal do condomínio dele...

Léo – Ok! Então quando ele chegar peça pra ele ir ao laboratório por que tem umas matérias do plantão urgente pra editar. O que eu soube é que eles estavam trabalhando na TV, me parece que editavam as imagens que iam ao ar nos noticiários das 8h.


Ricardo – Putz cara, foi mal a demora. Mas tu precisas ver um cara que encontraram morto lá perto de casa, ele tava deformado, falaram que ele foi achado todo podre numa antiga caixa d’água, ninguém sabe há quanto tempo ele tava lá, ninguém tinha notado a ausência dele, ele tava cheio de machucados pelo corpo. Daí uma parece que menina que tava brincando e quando foi pegar a bola que rolou pra longe achou o defunto sendo devorado pelos vermes.

Léo – Pára de brincadeira cara, tu sabe com o que eu não gosto quando tu me contas essas histórias já crescemos, não somos mais crianças, né? Tínhamos combinado em não falar mais disso!

Ricardo – Não pô, é verdade fiquei mais assustado que você, não estou inventando nada desculpa se te fiz relembrar algo ruim relaxa, deve ser só uma coincidência, já faz muito tempo você sabe ninguém lembra...Só quem sabe é...

Léo – Tá!!! Tá!!! Vamos trabalha... Esquece...

Não era coincidência, exatamente uma semana depois uma garotinha de 9 anos foi encontrada morta na piscina desativada no clube que os meninos freqüentavam quando criança. A menina acabara de completar aniversário, teve uma grande festa, era filha de um empresário muito importante na cidade e a policia não sabia mais o que fazer, não tinha provas, não tinha suspeitos, nem testemunhas.

Ricardo – Alô!!! Alô!!! Alô!!! ...Cadê o Leonardo?

- “Um minuto por favor..vou passar pra ele.”

-Léo – Fala rapaz! Certinho? - Certinho nada! Já ouviu os noticiários? Coincidência... Coincidência porcaria nenhuma, mais uma morte, dessa vez foi lá no clube do condomínio, tem alguém querendo nos assustar!!!

Ricardo – Assustar do você esta falando rapaz?

Léo - , me mandaram um bilhete com um cheiro forte de álcool dizendo “vamos jogar?”.

Essa carta parecia uma dessas usadas em filmes, sabe? Quando o assassino quer enrolar e deixar o mocinho desesperado, pois é, o pior é que conseguiu duas semanas depois tudo ficou sem sentido. Uma fita k7 foi encontrada em um opala nas proximidades da ponte Waldery, na entrada da cidade, a fita era de uma conversa não muito clara, muita abafada, meio arrastada, com barulhos que impediam de ouvir algumas coisas e de tentar entender o que realmente se passava. Mas de uma coisa eu tinha certeza, a voz na principal da fita. A imprensa conseguiu o material com polícia, e divulgou pela televisão, questionando se alguém conhecia aquela voz. Não se falava de outro assunto, eram todos comentando sobre a tal fita misteriosa. Eu não tinha duvidas do envolvimento de Leonardo e Ricardo nessa história, algo ruim acontecerá e alguém descobriu...

“Então meus queridos, preparados para jogar, espero que sim. Mas tenho uma informação pra lhes falar, dessa vez eu faço as regras, até agora vocês souberam esconder o que aconteceu com a Nellie, como puderam fazer algo de ruim com alguém tão doce e indefesa como ela. Nunca havia feito mal a ninguém, era apaixonada por você Leonardo ou não percebia, você assim com esse jeitinho meigo que fazia o coração das menininhas ingênuas do colégio lhe adorarem. Elas só lamentavam, queriam só dar atenção a você ? enquanto a mim meu querido, que me humilhava, chorava, nem que fosse um segundo dessa atenção que elas nunca me deram, Agora vocês vão me ouvir nem que seja pela ultima vez, enquanto eu trabalhava, ajudando a minha mãe a fazer a vontade de sua família, vocês se preocupavam com seus planinhos idiotas, em ‘qual caminho deveriam seguir, só existem três opções, se gostar de felinos, meus amigos gatinhos vão adorar sua visita, se gostar de quebra-cabeça adorarão nosso labirinto especial e blá blá blá!’ Vocês me dão nojo, sempre me olharam com canto de olho, só por que eu era o filho do da empregada, e vocês no bem-bom junto daquele velho caquético ouvindo histórias que nunca existiram, mas hoje, tudo vai mudar! Eu sou o líder desse jogo, e dito o que precisarão fazer, primeiro vocês devem...”


A gravação dessa fita, era muito mal feita, havia ruídos, falhas, palavras indecifráveis, e acaba por aí, Nunca ninguém descobriu o que realmente aconteceu, mais hoje eu falo com lagrimas na garganta que algumas horas depois, meu filho foi encontrado morto, embaixo da ponte, a mesma em que Nellie foi encontrada, apenas com uma calça jeans, com fortes ferimentos e hematomas roxos pelo corpo inteiro. Depois da autópsia, os legistas encontraram marcas de auto-flagelação com objetos cortantes e a letra “N” feitas com um bisturi nas costas e nas pernas de George.

O pior de tudo isso, é que até hoje, sete anos depois, nunca ninguém soube do paradeiro de Ricardo Nunes e Leonardo Fonseca. O tal jogo? Nunca ninguém soube explicar, o que tanto eles conversavam? Sequer fazemos idéia, Nellie morreu misteriosamente, meu filho também. O significado da caixa de papelão que tinha um cheiro forte de álcool, das frases ao contrario, dos desenhos de insetos que rodeavam a letra “N” na tampa do tabuleiro em que Léo e Ricardo brincavam, nunca tiveram explicação. A policia até hoje desconfia dos dois, eu já não sei mais o que pensar, com o passar dos anos tudo foi sendo esquecido e meu único motivo de viver é contar essa história tão inexplicável para minha neta, que nem Léo e Ricardo ouviam de seu Normando.

Normallie (prefácio)

Numa cidade pequena do interior do Amazonas, jovens suspeitos e um final inesperado. Um jogo... Uma ponte... Umas mortes... Uns mistérios... Misturas de sentidos, o que fazer quando se pode está na mira de um serial killer. NORMALLIE! Um conto que irá confundir sua cabeça. Não se sabe quem vai se dar bem ou mal, sabe-se que o jogo vai começar!

- Esse conto foi feito por mim (maioria das partes), idéia original Thiago Hermido, e o resto da equipe Roberto Sena, Ivan Brito e Jacqueline Nascimento. Alunos do seundo periodo de jornalismo da uninorte. espero que gostem.. comentem.. perguntem.. enfim! divirta-se!

sexta-feira, dezembro 02, 2005

não que tenha acontecido comigo!

Depois de uma forte infecção intetestinal, nada melhor que um bom texto sobre caganeira... pra mim.. esse é um dos melhores textos da internet.. dizem que foi o Verissimo quem escreveu.. nao acredito muito nao.. mas tudo bem.. lá vai! leiam!
Aeroporto de Buenos Aires, 15:30h.
Pequeno mal-estar causado por uma cólica intestinal, mas nada que uma urinada e um peidinho não aliviasse. Mas, atrasado para pegar o ônibus que o levaria para o outro aeroporto da cidade de onde partiria seu vôo para Córdoba, resolveu segurar as pontas. Afinal de contas, são só uns 15 minutos de viagem.Chegando lá tenho tempo de sobra para dar aquela mijadinha esperta. Tranqüilo, o avião só sairia às 16:30h.Entrando no ônibus sem sanitário, sentiu a primeira contração e tomou consciência de que sua gravidez fecal chegara ao nono mês e que faria um parto de cócoras assim que entrasse no banheiro do outro aeroporto. Virou para o amigo que o acompanhava e sutilmente falou: Cara, mal posso esperar para chegar na merda desse aeroporto porque preciso largar um barro.Nesse momento, sentiu um urubu beliscando sua cueca, mas botou o esfíncter pra trabalhar e este segurou a onda. O ônibus nem tinha começado a andar quando para seu desespero, uma voz em espanhol disse pelo alto-falante: Senhoras e senhores, nossa viagem entre os dois aeroportos levará em torno de 1 hora. Aí o urubu ficou maluco querendo sair a qualquer custo! Fez um esforço hercúleo para segurar o trem de merda que estava para chegar na estação cu a qualquer momento. Suava em bicas.Seu amigo percebeu e como bom amigo que era, aproveitou para tirar um sarro. O alívio provisório veio em forma de bolhas intestinais, indicando que pelo menos por enquanto as coisas tinham se acomodado. Tentava se distrair vendo a paisagem, mas só conseguia pensar em um banheiro, não com uma privada, mas com um vaso sanitário tão branco e tão limpo que alguém poderia botar seu almoço nele. E o papel higiênico então: branco e macio e com textura e perfume e - ops! Sentiu um volume almofadado entre seu traseiro e o assento do ônibus e percebeu consternado que havia cagado.Um cocô sólido e comprido daqueles que dão orgulho de pai ao seu autor. Daqueles que dá vontade de ligar para os amigos e parentes e convidá-los a apreciar, na privada, tão perfeita obra: Dava até para expor na bienal. Mas sem dúvida, não nesse caso.Olhou para o amigo, procurando um pouco de solidariedade, e confessou sério: Cara, caguei. Quando o amigo parou de rir, uns cinco minutos depois, aconselhou-o a ficar no centro da cidade, escala que o ônibus faria no meio da viagem, e que se limpasse em algum lugar. Mas ele resolveu que ia seguir viagem, pois agora estava tudo sob controle. Foda-se, me limpo no aeroporto, pensou, pior que isso não fico.Mal o ônibus entrou em movimento, a cólica recomeçou forte. Ele arregalou os olhos, segurou-se na cadeira, mas não pode evitar e sem muita cerimônia ou anunciação, veio a segunda leva de merda. Desta vez como uma pasta morna. Foi merda para todo lado, borrando, esquentando e melando a bunda, cuecas, barra da camisa, pernas, panturrilhas, calças, meias e pés.E mais uma cólica anunciando mais merda, agora líquida, das que queimam o fiofó do freguês ao sair rumo à liberdade. E depois, um peido tipo bufa, que ele nem tentou segurar, afinal de contas o que era um peidinho pra quem já estava todo cagado. Já o peido seguinte foi do tipo que pesa e ele se cagou pela quarta vez.Lembrou-se de um amigo que certa vez estava com tanta caganeira que resolveu botar um absorvente na cueca, mas colocou com as linhas adesivas viradas para cima e quando foi tirá-lo, levou metade dos pelos do cu. Mas era tarde demais para tal artifício absorvente, tinha menstruado tanta merda que nem uma bomba de cisterna poderia ajudá-lo a limpar a sujeirada.Finalmente chegou ao aeroporto e saindo apressado com passos curtinhos, suplicou ao amigo que apanhasse sua mala no bagageiro do ônibus e a levasse ao sanitário do aeroporto para que ele pudesse trocar de roupas. Correu ao banheiro e entrando de box em box, constatou a falta de papel higiênico em todos os cinco. Olhou para cima e blasfemou: Agora deu, né? Entrou no último, sem papel mesmo, e tirou a roupa toda para analisar sua situação (que concluiu como sendo o fim do poço) e esperar pela mala da salvação com roupas limpinhas e cheirosinhas e com ele uma lufada de dignidade no seu dia.Seu amigo entrou no banheiro com pressa, tinha feito o check-in e ia correndo tentar segurar o vôo. Jogou por cima do box o cartão de embarque e uma maleta de mão e saiu antes de qualquer protesto. Ele tinha despachado a mala com roupas. Na mala de mão só tinha um pulôver de gola V.A temperatura em Buenos Aires era aproximadamente 35 graus. Desesperado, começou a analisar quais de suas roupas seriam, de algum modo, aproveitáveis. Suas cuecas, as jogou no lixo; a camisa a mesma coisa; as calças estavam deploráveis e assim como suas meias, mudaram de cor tingidas pela merda. Seus sapatos estavam nota 3, numa escala de 1 a 10. Teria então que improvisar.A necessidade é a mãe da invenção, então ele transformou uma simples privada em uma magnífica máquina de lavar. Virou a calça do lado avesso, segurou-a pela barra, e mergulhou a parte atingida na água. Começou a dar descarga até que o grosso da merda se desprendeu. Estava pronto para embarcar. Saiu do banheiro e atravessou o aeroporto em direção ao portão de embarque trajando sapatos sem meia, a calça do lado avesso e molhada da cintura ao joelho (não exatamente limpa) e o pulôver gola V sem camisa.Mas caminhava com a dignidade de um lorde. Embarcou no avião, onde todos os passageiros estavam esperando o RAPAZ QUE ESTAVA NO BANHEIRO e atravessou todo o corredor até o seu assento ao lado do amigo que sorria. A comissária de bordo aproximou-se e perguntou se precisava de algo. Ele chegou a pensar em pedir uma gilete para cortar os pulsos ou 130 toalhinhas perfumadas para disfarçar o cheiro de fossa transbordante, mas decidiu não pedir: NADA NÃO, OBRIGADO, EU SÓ QUERO ESQUECER ESTE DIA DE MERDA.

quinta-feira, dezembro 01, 2005

ihh! atualização!

Olá pessoal, faz tempo que eu nao posto nada aqui nesse blog hein? poise.. ultimamente tenho andado muito ocupada.. sem muito tempo vago pra escrever aqui.. exceto no dia em que eu screvi um texto enorme o pc deu pau, eu tive que reiniciar e obrigada! perdi tudo.. bom.. deixa eu contar como tá a minha vida esses tempos.. ha um mes e pouco começei a trabalhar no sinetram, entregando as carterinhas 'smartcard' do povo, trabalho tranquilo, apenas pela parte da manha, recebo lanche na maioria das escolas, tenho passe livre nos onibus tranquilááááço! na faculdade esotu terminando o segundo periodo de jornalismo na uninorte, acho que todo mundo ja sabe... lá tá meio monotono, vou pra lá pra encontrar pessoal, sem muito stimulo pra studar nao oh.. nao sei.. tenho fé que vai melhorar.. minhas notas estao relativamente boas as faltas que sao o problema, terminei meu curso de cinema, agora ingressando de vez com a carreira de cineasta, ja ganhei 2 premios! Um no Amazon Film Festival de 2005 na categoria 'melhor filme regional', com o filme "Geyzislaine, meu amor!", outro no CineAmazonia Festival também de 2005 na categoria 'Premio especial do juri' com o filme "Catunda". Nem precisa dizer que stou muito feliz com isso né? em relação ao meu coração, estou completamente apaixonada, feliz! satisfeita, realizada, cmpleta sei la.. to feliz pra caralho.. fico triste se alguem diz que eu to desguiando e tals.. nao acredito nisso.. acho que quem quer falar comigo sabe meu telefone e me liga, ou vem na minha casa, ou deixa um recado no meu orkut, blog,cel, flog.. nao tem desculpa.. eu ir atras? nao nao filho.. mas tudo bem.. caso alguem queira me ligar.. nao problem vou atender, tratar bem.. 'tu és responsavel por aquilo q tu cativas', logo..you choose! hehehe

terça-feira, julho 19, 2005

Winter Wooskie - Belle and Sebastian

Who's that girl?
She must be nearly freezing
Who's that girl? I'll bet
All that snow makes it hard so see her
Takes you away to me

And maybe I'm in love
Love love, love love
And maybe that's enough
That stuff, that stuff

Made a film
I made it through the window
Who's that star I cast?
All wrapped up in her winter wardrobe
She hurries by so fast

And maybe I'm in love
Love love, love love
And maybe that's enough
That stuff, that stuff

On summer days when the sun shines
I watch the tape
And through the snow, through the window
I watch her wave to me

Who's that girl?
She must be nearly freezing

terça-feira, julho 12, 2005

Desliga a televisão e vá ler meu blog!

Não sei se esse povo tem preguiça de ler, e de comentar.. só sei que já tenho mais de 10 textos e nunca ninguém comenta.. tudo bem.. agora vou tentar de uma outra forma, meus textos serão menores a partir deste post, não tem necessidade, a internet tem tanta porcaria.. muita gente perde tempo lendo aquelas correntes gigantescas que sempre acabam na mesma mensagem o que custa ler um simples texto? Talvez as pessoas não conheçam meu site, tudo bem.. vou divulgar a todos do orkut, vamos ver se dar certo.. se não der.. quem se importa? os textos continuaram aqui, nem que seja somente pra eu ler! Agora a televisão? ah.. deixa pra outro post, se deixar vou passar a noite escrevendo sobre ela.. o texto era pra ser pequeno, promessa cumprida!

O que é ter a "parada"!

Como eu falei, não necessita ser bonito ou O gostosão da situação, mas é aquele cara que faz a diferença entre muitos, se destaca no meio de mil caras. Gosto de um cara meio oposto do que eu sou, pra dá um certo contraste, um equilíbrio talvez, aquele cara na dele, calado, porém atento e rápido nas idéias,quando ele abre a boca, fala sempre um coisa extremamente pertinente, nem precisa ser metal (gostar de heavy metal), mas também não pode ser pagodeiro, tem que ser aquele cara sem frescuras, sossegado, tranqüilo, mas dentro dele ele não vai ter um cuzão, aquele que tem atitude dentro de si.. de uma forma sutil conquista meu coração quase sem querer.. (legião..) enfim, aquele cara que no fundo, bem no fundo seja como eu, sem aparências perfeitas, e sim com idéias inteligentes. Não precisa chegar beijando ou agarrando, mas só olhra diferente, tocar diferente e só TU percebes que é diferente, ele arruma toda a situação, fazendo o clima pra tu teres que tomar o primeiro passo e dar um beijão!

Ele precisa ter a parada

É meio estranho EU falar sobre meus sentimentos, só que existem coisas que você não sabe explicar direito de onde vem ou como vem, é estranho, um dia lendo o blog do Dante ha um bom tempo, vi que ele tem o mesmo que eu.. claro q no caso dele são mulheres, ele falar do dom de ter a parada, homens comigo não são muito diferentes, não sei, é complicado definir, você sabe quando chega, mas não sabe explicar, só em falar no assunto sua respiração já muda, nunca duvide do meu romantismo, acredito que exista um pouco dele dentro de mim (não, ele não morreu), claro, se tratando do nome PARADA, não tem nada a ver com drogas ou ônibus coletivo (sem piadinhas), é como um negócio especial, que POUCOS têm, é raro mais existe! E mesmo quando você os encontra, eles nunca vão dar moral pra você.. e você fica se mutilando,, pensando no "que foi q eu errei?" ou seria.. "o que eu não tenho!?" acho que pra cada pessoa tem algo especial que cativa.. já diria o pequeno príncipe!

'Interterimento' tem D+!¡!

escrito em 22 de abril de 2004 - corredores do Márcio Nery
Moramos no Amazonas, precisamente em Manaus, uma cidade onde o folclore e a cultura estar a flor da pele dos nativos e visitantes que por aqui habitam. Muitos vem até aqui a trabalho, outros estão de férias e outros moram aqui por são caboclos mesmo e nao tem dinheiro pra morar em outro país/estado. Então o que fazer pra se divertir? Quando não se tem dinheiro? Ao pesquisar sobre um trabalho social da escola, o assunto era como sobre a diversão dos moradores da área da Manaus moderna II (situada no bairro de petropolis ou coroado, ninguém informa o certo...)houveram varias reclamações em relação a isso. Porra, o ultimo ônibus passa no horário de meia-noite (hora que as tricas estão no auge da festa, grelhando como diria meu amigo Roberto Sena), taxi é bandeira 2 e como pobre só anda em bando teria que ser no mínimo 2, isso para aquelas que querem ir pra "balada" ahahaha esse termo é ótimo!, outro querem bolas ("nao precisa ser profissional não..") e a quadra das escolas abertas, para jogarem futebol, Santa Ignorância! por que esse bando de fdp, num vão ao cinema, com carteira estudantil, primeira sessão, segunda-feira nao é possível que valor seja acima de R$10,00 ou entao vão ao teatro, há tantos no centro da cidade a preços de banana muitas vezes com entrada franca e lugares acessíveis (todo bairro tem um ônibus que vai até o centro da cidade) Suas músicas vocês até devam imaginar, se o censo2004 visitar essas comunidades e forem atrás de comida, podem até nao encontrar, tod mundo sabe da situação do Brasil nas periferias, mas com todo certeza terá o CD ou o DVD da Banda Calypso nos porta-cds da maioria desses pobres, a propósito, não falo pobres não é por que existem muitos desempregados ou escravos do distrito industrial apesar de muitos erme isso também, falo pobre de alma de espírito, como diz um clássico do carnaval "sonhar nao custa nada", parece que esse povo nao tem sonhos, e se tem é de "tirar" uma geladeira no barateiro, para pagar em 72 vezes e praticamente morrer pagando. E a pobre jovem tem o sonho de conhecer o Gustavo Lins, esse Gustavo Lins até há alguns meses eu nem sabia de existência dele mas de uns tempos pra cá eu vi o quando ele eh importante no marcado fonográfico brasileiro, nao vejo a hora de sair correndo para comprar seu cd! Poupe-me né? Po risso que eu digo, intertenimento tem demais, o povão precisa de entretenimento, cultura, sabedoria, conhecimento, precisa ter atitude, tirar a venda do rosto, para de achar que vai cair tudo do céu, e fazer alguma coisa pra mudar esse quadro. Por isso que eu concordo que todo mundo deveria ser egocêntrico, se cada um pensar só em si, não ajudar ninguém, as vagas de empregos por exemplo seriam preenchidas por pessoas competentes, as empresas clandestinas fechariam muito mais cedo e as pessoas iriam se preocupar com seus estudos e garantiriam seus futuros botando na sua área de lazer algo construtivo para sua carreira, nisso consequentemente nao existiriam musica merda com tanta abundância como existe hoje, e o senso crítico das pessoas seriam muito mais específico fazendo com que elas finalmente contribuíssem com pelo menos 0,000001% da evolução desse país já seria válido.

Uma conversa amigável!

O que?
Quero saber se está mudando alguma coisa?
Da minha parte não!
E da minha?
Eu acho que não
Por que?
Por que tu és melhor que isso!
Isso o que?
Sentimentalismo solto.
E eu não sou sentimental?
Quem é mais sentimental que eu?
Eu, você é insensível!
Não
É sim!
Por que?
Ex:: "tá frio!..." Seu podre!
O que eu te fiz!?
Você não fez, papo to de onda! Se não você leva tudo a sério.
É que eu me preocupo mais com as pessoas que eu gosto. Porque é assim que eu gostaria de ser tratado.
DEFINA como você gostaria que eu te trataste? É sério! Diga se eu errei ou confundi em alguma situação.
Não posso responder isso "o coração de uma mulher é mais misterioso que o oceano" TITANIC.
Releia a pergunta.
O que é seu é seu, o que eu penso "I don’t care".
I care what you think... O que é meu.. até poderia ser seu...
Poderia?
É só você querer!
Tem que ser daquela maneira?
Naquele amor.. "a sua maneira", perdendo o meu tempo, a noite inteira...
Não enrola!
São sentimentos deferentes, não quero mudar a tua opinião, se não vai ser do meu "jeito, pode ser do seu, "I don’t care", but "I stil love you".. "I’ll be waiting for you!", "Always"
Não quero te perder de nenhuma maneira!
Aquela bem fuleira, como você vai me perder se você não me têm? Ahaha serei sempre sua amiga, I still there anywhere.
Desculpa aí. Você é minha caixinha! Meu relicário! Um mundo que eu não quero conhecer! Porém através de você ele é engraçado!!!
Sou um objeto? palhaça? O que te faz não querer conhecer?
Nada a ver!
Você não, o que rodeia você!
Você não fica comigo pelo quem eu ando? E por que eu sou o que ando? Metal? O que eu poderia ser? Ou o que tenho?
Não é isso! Seria hipocrisia se eu fosse assim, você é um mundo paralelo que eu gosto, não me entenda mal, eu só quero que você me perdoe por não fazer nada! I’m sorry.

segunda-feira, julho 11, 2005

tudo depende do ponto referencial

escrito em 12 de junho de 2004 (corredores do márcio nery moleke!)
A vida muitas vezes nos mostra as coisas mais insuportáveis que tambem podem ser vistas como mais insignificantes, o volume de uma parelho de som por exemplo, uma musica alta é boa até certo ponto, com alguns conceitos munimos que deve ser considerados, o estilo da música, deveria ser o mais agradável existente. Pondo em prática, ideal de uma música alta seia uma boa arquestra clássica ou até mesmo um heavy metal de boa qualidade, isso seria visto como a realeza interna da felicidade, mas as coisas mudamd e figura quando essa boa musica é substituída por aquelas bregas, paraenses em sons de carro, com caixas defazadas, meu deus é infernal porém bastante comum. Tudo be, a gente se retira do lugar e tudo certo. Outro exemplo que pode ser citado é de um grão de areia, agora você deve tá se pergutnando, como assim Renatra? Tá doida? E eu respondo claro que não meu caro leitor, um grão de areia é comum em praias, desertos naturais, ruas, praças, e muitas vezes passam despercebidos pela nossa vida, até aí nada demais, então eu peço-lhes para experimentar colocar um grão (ou alguns), em seu sabonete diário, talvez isso já deve ter acontecido com alguns de vocês, é uma agonia terrível, uma vontade de morrer! Isso é dado na fisica I, talvez quem estudou comigo no primeiro ano, (ou no objetivo mesmo), quando o Professor Cabelinho, citava o exemplo do elefante ao lado de uma formiga, e depois o mesmo elefante (por certo para que nao haja sabotagem) no centro da Africa, sendo visto por um astronauta em algum satélite, é muita viagem mas vale a pena refletir..

terça-feira, junho 21, 2005

O menino azul

O menino quer um burrinho
Para passear um burrinho manso,
Que não corra nem pule,
Mas que saiba conversar

O menino quer um burrinho
Que saiba dizer
O nome dos rios,
Das montanhas, das flores,
- de tudo o que aparecer

O menino quer um burrinho
Que saiba inventar
Historias bonitas
Com pessoas e bichos
E com barquinhos no mar

E os dois sairão pelo mundo
Que é como um jardim
Apenas mais largo
E talvez mais comprido
E que não tenha fim
(quem souber de um burrinho desses,
Por escrever
Para a Rua das Casas,
Numero das Portas,
Ao Menino Azul que não sabe ler).

quinta-feira, junho 09, 2005

Na verdade eu sou paty

as pessoas tem mania de "rotular" as outras pelas roupas que elas estao vestindo, eu já sofri uma série de preconceitos com esse caso.. hoje em dia nao me importa mais, rio, confirmo, ironizo, ignoro nao importa. o que eu acho curioso é a importancia que alguns individuos dao para o comportamentos dos outro. se tem tatuagem é marginal.. se tem saia curta é puta, se uma preto é metal, e se usa rosa eh paty! santa ignorancia... mas vamos lá.. as vezes prefito que fiquem com o pensamento assim sobre mim: "ela é mó paty quer dá um de metal só pra tirar onda". as vezes é melhor, nao gosto de calar a boca de ninguem, tambem nao dou aaulas de metal, mesmo por que tenho pessima memoria sou capaz de esquecer o nome da minha musica preferida,como se fosse necessario para ser metal, ir pra praça do congresso.. fumar cigarro, usar obrigatoriamente preto, camisas de bandas, saias, coturno, maquiagem, fazer cara de mal,espinho, correntes... fala sério.. queria saber quando esse mundinho pequeno que esse mundo vive! voltando ao lance do rosa lá, quem me conhece sabe que eu adoro blusas rosas e tals, quer dizer agora que a cor influencia na classe social, na inteligencia, na opçao sexual e no gosto musica da pessoa? hum.. bom saber, do nimel de mediocredade das pessoas de hoje. Tenho um amigo que tem mania usar a camisa virada do ado avesso, e é unanime TODO MUNDO pergutn appor que.. e fica tentando achar soluçoes, até eu, quando nao o cohecia, no incio achei que fosse por descuido afinal de contas a camsa era todo preta.. sem desenho nenhum.. ele pode ter saido apressado e nao ter percebido..mas os dias forma passando e as camisas nao viraram do lado certo. quem foi mesmo que disse que aquele era o lado certo? só por que tem um desenho..lalala eu comprei a camisa, agora eu uso-a como quiser, mas tem semore um neguinho se incomodando com o que tu tá vestindo, e esse amigo, disse uma frase brilhante apos alguma pessoas da coordenaçao da faculdade terem comentado sobre a camisa, ela falow assim "é só uma camisa!". Otimo comentario, ideal para a situaçao.. as pessoas devem se preocupar menos com as cosias nesnecessaria, foda-se, quems e importa.. o fato deu usar uma bolsa rosa vai metranformar em paty? tá bom.. entao eu sou paty, sou rica, futil e adoro fazer compras, é assimque vc pensa que eu sou? tudo bem, é assim que eu sou no seu mundo drogado.. por que no meu mundo real e sobrio eu sou uma garota normal que gosta de se vetir e adoro cores chamativas.. assimile ou nao.. vou continuar cagando pra voce. se eu for dar moral pra tudo que falam de mim, eu seria bem "moderna".. sou rica, sou paty, sou drogada, sou filinha de papai (ainda bem que eu pai trabalha..), sou vazia, sou infantil, nerd, ei.. perai.. ainda num fui puta ainda!.. ha nao.. minhas saias curtas me tanformam em putas, será que ja fui lesbica? bissexual talvez.. enfim.. eun já fui/sou tanta coisa.. fazer oque hein? vou confirmar.. cada vez que vier um neguinho com mais uma qualidade nova minha. vou me matar! cortar os pulsos e me afogar na banheira.. lalala

domingo, maio 22, 2005

Ninguem Merece

Expressão inconveniente usada atualmente para explicar tamanho desconforto ou absurdo. Porem, usuários desse termo geralmente são aquelas pessoas que como diria meu querido amigo Diego Cavalcante, aquelas que querem dizer "olha eu aqui". Não claro usando esse nome mas pessoas com esse conteúdo qualificativo. A frase é extremamente bizarra, porque ninguém é alguém suficiente pra dizer que alguém é alguém para não merecer tal fato. Mas assim como as gírias do interior do Amazonas e tudo o estado do Pará, há tudo uma forma sonora e irônica de se expressar, fazendo assim com que os poucos conhecedores da cultura atual cabocla se desvie significativamente com esses termos. Outro exemplo que eu citaria era o "vou mesmo". Sendo ao pé da letra, o vou mesmo seria aquela confiante certeza da presença em um determinado lugar, aí dependendo agora da maneira sonorizada exposta para possivelmente interpretar. Todavia, ninguém merece, quando pessoas (se é que eu posso elogia-las dessa forma), alem de falarem de forma estranha, ainda substituírem o s do substantivo mesmo pelo r, encaboclando ainda mais o vocabulário amazonense.
Semana passada, aconteceu um fato bastante comum na minha e provavelmente comum na vida de vocês, mas devido a freqüência, o fato passa por despercebido e que me chamou atenção. Na sexta-feira não havia aula para os terceiros anos da Escola Estadual Marcio Nery, a única coisa em que os alunos tinham que fazer era ir até o Palácio Rio Negro em uma exposição sobre um Frei homenageado pela história do Amazonas. Ok. Eu fui, chegando lá, todas aquelas meninas praticamente se jogando em cima de uns turistas japoneses e australianos que ali visitavam. Eu como uma boa menina discreta que sou sacaniei ironicamente, alias esse ano tem sido muito divertido conviver com pessoas diferentes (não são inferiores) como o pessoal de lá. Em um momento um dos japoneses, falou pro guia da excurssao que essas alunas eram muito educadas e estudiosas, e adivinha o que uma delas (a mais gueguety é claro!) respondeu? "Somos meRmú!". Meu Deus, isso me deu um aperto no coração, foi como um estaca enfiada no meu peito, deu uma vontade de joga ruma granada e explodir aquele palácio por inteiro, que assim acabava de vez com aquelas meninas e também apagava da memória do Japa. Ao que eu esteja pagando pau para o japonês, mas porra, já basta o boi sendo exposto pra mundo todo, quando ele vem pra cá vem uma trika filha da puta falando merda, sinceramente, NINGUEM MERECE!

sábado, abril 16, 2005

Again

I've been searching for you
I heard a cry within my soul
I've never had a yearning quite like this before
Now that you are walking right through my door.

All of my life
Where have you been
I wonder if
I'll ever see you again

And if that day comes
I know we could win
I wonder if
I'll ever see you again

A sacred gift of heaven
For better, worse, wherever
And I would never let somebody break you down.
Or take your crown... never

All my lifeWhere have you been
I wonder if I'll ever see you again
And if that day comes
I know we could win
I wonder if I'll ever see you again

At every time, I' ve always known
That you were there, upon your throne
A lonely queen, without her king
I longed for you, my love forever

All of my lifeWhere have you been
I wonder if I' ll ever see you again
And if that day comes
I know we could win
I wonder if I' ll ever see you again

All of my life...repeat two times
All of my life where have you been
I wonder if I' ll ever see you again
I wonder if I' ll ever see you again
I wonder if I' ll ever see you again
I wonder if I' ll ever see you again
I wonder if I' ll ever see you again

I wonder if I' ll ever see you again
I wonder if I' ll ever see you again


dificilmente posto uma musica.. tanto aqui quanto no fotolog.. mas agora tá precisando.. nao precisa dizer mais nada.. entende quem tem que entender! beijos

domingo, abril 10, 2005

Temputão legal!


É queridos filinhos, o tempo está passando estou ficando menos nova. As responsabilidades estão aumentando... 18 anos se passaram, logo pra mim que acreditava que não ia passar dos 15, estou aqui, firme e forte mais perseverante do que nunca, depois daquelas previsões de nostradamus, bug do milênio, estamos aqui, na esperança de sempre melhorar esse mundinho escroto onde vivemos, o complicado ;e de que quanto mais o empo passa mas eu descubro que sou inútil penso quando era criança achava que tudo era brincadeira, (apesar de muitas vezes até hoje eu ainda achar isso...) hoje as coisas estão diferentes, pelo menos elas precisam ser. Ter 17 anos foi muito legal, alias todas as idades foram fundamentais pra me formar e fazer o que eu sou hoje, por mais que pra muita gente eu ainda não valho nada (quem se importa?) assim como tenho certeza de que sou importante pra muita gente aih (né Alair?) . pensando agora nesse lance de criança, me vem tantas lembranças de quando eu estudava no peixinho dourado, era mais capeta que tudo nesse mundo mas sempre meiga e carinhoso com quem merecia, a diretora de lá tinha/tem um filho SD (síndrome de down), Rafael o nome dele, eu era a única amiga dele, sabia que ele era diferente mas aquela doença nunca impediu-nos de sermos amigos, lembro do dia em que matamos um sapo esmagado e o Rafael colocou dentro da casinha para as crianças menores se assustarem ao entrar, a maior satisfação era ver todo mundo saindo correndo gritando, hahahha pirava... travessuras de crianças sempre foi meu forte (até hoje... as vezes...). Um dia o Padre Marcelo Rossi falou pra nós sermos como as crianças, se dois adultos brigam por qualquer motivo que seja passam dias, meses e anos sem se falar, cultivando um ódio necessário, descomunal e impossível de ser resolvido no caso das crianças ao brigarem são necessários apenas alguns minutos que logo elas esquecem e tudo fica bem, as crianças são muito sábias, por mais que o tempo passe quero sempre manter esse espirito jovem dentro de mim. Falando agora de adolescência... ô tempo do caralho, (até as expressões mudam...) é a época das experiências tentativas tudo novo é criado, novas gírias aparecem, as roupas não são mas as mesmas, lugares mudam , horários variam,, isso é ótimo! Adoro todo momento, quando na lembrança tudo acontecido na minha vida, dos 10 anos aos 18 forma o anos mais agitados que já tive, fiquei de recuperação, peguei suspensões, advertências, fugi de casa ora ir às festas, fiquei bêbada, fiquei com desconhecidos, perdi minha virgindade.. briguei com amigas, viajei e viajei bastante... ehehhehe confesso que fiz muita besteira mas não me arrependo de nenhuma delas, nem me arrependo das que fiz nem das que não fiz, procuro fazer tudo que gosto, tudo que me convém, evito ao máximo o que não me agrada, ainda não tenho emprego, tá foda assim, mas deixa quieto, claro também não sou aquela conformista aceitando tudo que vem pela frente, gosto de lutar pelo que quero, UFAM? Lalala não larguei ela não, every year vou fazer vestibular até que um dia eu passo, enquanto isso me contento com a minha uninorte, adoro meu curso, adoro minha sala, algumas outras salas, uns até de outro prédio, acredito que nesses quatro anos que eu vou passar nele, muita coisa vai acontecer, espero daqui pra frente muitas realizações, espero também começar a fazer aulas de guitarra, poha sou muito frustada em Ter um e não saber tocar quase nada, também vou torcendo pra conseguir o curso de cinema no Cláudio Santoro, tem tanta coisa que eu tenho vontade de fazer que se for botar na ponta da canela acaba a tinta! Agora que eu to afim de namorar, fiquei pensando nos meus casos antigos, meu deus como eu arranjei figura nessa minha vida, se for pra rotular te galeroso cherador de pó, traficante de armas, preso saiu até no canal livre, outro louco autista,, viciado em mofina brinca com meleca do nariz e adoro se jogar na parece, uns abraçam policiais (in off), hahah eu nem posso chamar de doente, mas ele é doente por bateria não consegue ficar 1min com as mais e/ou os pés paradas, outro joga todo mundo na chapa (UHAUhauHAHU) enfim, só figura hein? Também pra ficar comigo, outra figura só pode ser desse jeito, mais freezer que tudo nessa vida, mas acredito que já melhorei muito com esse lance de carinhas, é tanto que quando algum amigo meu falar que as mulheres são fdps, eu não falo nada, muitas vezes até concordo, adorava iludir o cara, acho que essa foi minha fase de muleke... a onde era fazer os carinhas se apaixonarem por mim e eu meio que só esnobava, stranho.. snob é um adjetivo pouco usado pelas pessoas ao falar da minha pessoa (madame satã) hoje em dia parei com isso, claro ainda bem que fiz muitos amigos, hoje eu falo mal do IRC mas confesso que já fiz ótimos amigos por ali, claro hj em dia só tem tarado, falando em tarado que num é tarado nesses tempos? Tava conversando como Bruno (/doghotdog) essa semana, e ele me falow uma coisa interessante (pelo menos) "as mulheres são taradas, mas poucas tem coragem de falar", nunca pensei dessa forma, pode ser isso mesmo., claro eu sou diferente... sou tarada sim, gosto de sexo, por que sexo é bom! Hahha e não vejo problema nisso, isso quando ele não passe de sensual pra vulgar... ninguém merece.. algo vulgar.. nojento.. longe de mim! Quero algo sentimental.. garotao.. assim como os filmes do Rocco ahhaha paapo.. powha, de vez enquanto eu me xtresso quando eu chego em casa e vejo o Márcio dormindo no meu quarto, não que eu me incomode.. meu quarto tá aberto pra todas as pessoas, inclusive homens (considerando que o márcio é uma mulher pra mim....) mas porra que custa ele dormir na cama da Camila.. já que a porra da cama ainda é de casal? Como se só de noite na hora de dormir que pode fazer sexo? Nem fudendo anh? Anh? Ainda mais eles que fazem amor.. (qué bónito!.. by gualter) queria saber quando isso vai mudar, quero saber quando o meu namorado quiser dormir na minha casa, to nem vendo ele vai dormir na minha cama de solteiro, iremos transar a noite inteira (já que é essa a hora) ainda com o colchão no chão pra cama não fazer barulho hahahhaa.

quinta-feira, março 10, 2005

O Vencedor


Há algumas semanas, ao ir pra faculdade eu encontra uma criatura de pele escura, cabelo molhado na altura da orelha, bigode ralo, magro, baixo até então tudo normal, diariamente vimos pessoas assim na rua, o que me chamou atenção foram os dizeres que sua surrada camisa dizia, na parte de frente um desenho, não consegui identificar o significado mas na parte das costas, estava escrito com todas as letras maiúscula O VENCEDOR. Tudo bem existe varias lojas que camisas com frases de auto-ajuda mas essa dava pra ver nitidamente que ele que mandou fazer aquela camisa. E eu me pergunto, para que meu Deus?
O que será que ele deve Ter vencido? A gincana da igreja? O campeonato de futebol de salão da escola lá di perto di casa? Ou será que ele conseguiu finalmente passar de turno na firma onde ele trabalha no distrito industrial? Quem se importa com isso? Seja lá o que foi que ele venceu devo ficar preocupada, pois ele conseguiu e eu não? Continuo aqui nessa minha vida encontro ele vence todas por ae. Hahaha poupe-me, isso é no mínimo ridículo.
Acredito que as pessoas podem ser consideradas vencedores na vida, quando atingiram objetivo profissional, financeiro, afetivo depois de muito esforço, muitas vezes nem assim conseguem se rotular dessa maneira, não um pé rapado presunçoso querendo ser o gostosão. Isso me dá muita raiva ó, dá vontade de chegar lá com esse cidadão, falar "sai daí mano, tu num és nada.. quer tirar onde de garotão", mas não sou desse jeito, não gosto de humilhar as pessoas, só acho desnecessário pessoas desse nipe. Confesso que fico triste, mas não posso fazer nada... enquanto isso eu escrevo, falando bem ou mal, to nem vendo...

Amigo é meu Olho!

01:22 22/02/05
bom.. faz um pouco de tempo que não posto nesse blog, se bem que ninguém comenta mesmo, ninguém ler toda essa escoria q passa pela minha cabeça. meu motivo pra estar escrevendo hoje alguns já sabem mas ultimamente tenho tido vários "conflitos" com umas pessoas que se diziam meus amigos, vou contar desde o inicio toda a historia que gerou uma grande repercussão, isso que vou relatar é o meu ponto de vista de toda a situação, então num to nem vendo, hehehe um dia antes deu viajar lá pelo inicio da segunda quinzena de janeiro, eu discuti com a loyana, por que eu tinha ficado muito chateada com os comentários que ela e o saulo estavam fazendo sobre mim, ou como diria o João de madame satã, sobre a minha pessoa.. ehheheh tudo bem.. a gente discutiu, eu viajei, quando voltei lalala nada de comunicação.. e posso dizer q até então não estava sentindo falta não oh.. sei lá.. acho que tudo deve evoluir na vida de qualquer ser humano (sem fazer nenhuma propaganda à amazonia celular) até a amizade das pessoas e a minha tanto com a loyana quanto com a do saulo.. tava se tornando uma coisa saturada.. sempre aquela mesmice, sem nenhum estimulo, digamos que uma rotina que eu tava podendo evitar.. até aih tudo certo.. briga entre amigos sempre acontecem,.. ainda mais assim.. com o grau de intimidade que eu tinha com os dois, mas (sempre tem um MAS) as coisas foram piorando, na terça feira da semana passada dia 15 de fevereiro, praticamente um mes que a gente não tava se falando.. a loyana me liga de manha, perguntando se eu havia falado alguma coisa de algum homem pro saulo.. porra vá se fuder, vc me acorde de manha pra falar de porra d e saulo, se fosse pelo menos o ashton, mas nao... fiquei puta.. porra jah tava stressada com essa historia ela ainda vem me perturbar.. tudo certo.. nao tive nem a curiosidade de querer saber o porque daquele questionamento, algumas horas depois, onde pelo menos eu jah stava acordada.. ela retorna a ligacao, falando do acontecido... na boa cara.. eu diria que foi jogo sujo, e como diria meu amigo Dibo, de quinta catiguria! ehhehe o bunitao, devia monitorar meu email, procurando alguma coisa que "incriminasse" ela, que pra mim era soh pretexto pra terminar... e eh covarde pra assumir a posicao, enfim, noa dia que axou, ficou nervosa! ui! que meda! ela gritou! ficou nervosa com uma coisa extremamente simples, mas a cabeça pesa neh fio, tah com medinho de ganhar um chapeu de touro eh? pelo que eu sei, nao aconteceu nada com a loyana e outro cara nao.. mas ateh queria que acontecesse... claro q eu nao quero que circo pegue fogo.. nao nao.. longe de mim.. logo eu puritana do jeito q eu sou.. tenha dó queridinho? e o pior foi a minha ingenuidade em pensar que a loyana tivesse ficado chocada, mobilizada com o que aconteceu, por q afinal de contas invasão de privacidade deve ser bem natural no histórico dela, soh pode, pra ter achado tao normal, ou eu diria egoista ao ponto de só pensar em si, esquecer daquela amiga de seis anos que um dia ela teve? Não quero me tornar a vitima da situacao, estou sendo apenas a narradora da historia, eu não sei que merda ela fez no meu email, ou na minha senha por que a teh entao eu confiei nela achando q ela iria fazer tambem uma coisa limpa comigo e nada... no Domingo quando eu tentei entrar na porra do msn, cade? Nada de senha nova, antiga, nada.. claro.. querendo sabre oq raios estava acontecendo, eu resolvo mandar uma mensagem pro celular dela, prela me ligar, me explicar o que ela tinha feito, claro ela me desguiou, tava com o dono dela.. que mais uma vez ficou nervosa, e foi embora, daí a pomba lesa me liga chorando, me esculhambando querendo saber o por que eu respondi essa mensagem, que eu não penso nela, e agora como ela ia ficar, logo agora q ela achava que tava tudo certo.. mais uma vez aconteceu isso.. o namoriquinho ridiculo fica tudo certo e a minha amizade cade? Lalala ninguem tah nem aih... soh que as coisas agoram estao diferentes, naoq uero mais saber não.. jah fui muito fria, memso assim não adiantou, agora mais do que nunca num vo tah nem vendo... niguem tha nem ah pelos meus sentimentos, pensamentos seja lah o quer for que venha de mim.. pra q eu vou dar moral? Agora o caboco pra ser meu amigo vai Ter que ralar, cansei de ser boazinha, de fazer tudo certinho pruma amizade ficar na boa, de abrir mao de muitas coisas por causa de amigo, logo aqueles amigos, que sempre foram muito mais do que amigo, eles eram como irmaos pr amim, me apunhalam pelas costas dessa forma (roubando levemente as palavras do meu amigo bife, hehehe ) sei não oh.. minha cabeça ainda tá muito confusa sobre isso.. não sei bem ao certo o que vou fazer em relação a eles, é uma pena do caralho, mas hoje eu digo, com todas as letras SAULO E LOYANA MORRERAM PRA MIM! Sem se importar o que eles acham disso.. pode ser grandes merda.. mas isso é o que eu to sentindo no momento, não quero ver acara de nenhum dos dois, de agora em diante eles são mal-vindos na minha csa, na minha vida, vou procurar ao maximo evitar, e pode crer quando eles correram atras do prejuizo, estará longe de mais, isso é SE eles correrem atras, acjo meio dificil, pra que Ter amigos quando se tem um relacionamento tao feliz como o de vcs? Tão sincero não é saulo? Algo verdadeiro, amigo, sem nenhum segredo, tudo muito cúmplice um do outros, as vezes dah até gosto de ver! Os meninos da suprema que o diga.. ah se eu fosse fulera...... ia Ter neguinho me ligando falando algo do tipo: “tu jah tha falando merda?” né saulo? Bom deixa queto.. esse é um pouco das milhares de coisas que estao passando pela minha cabeça, eu pude Ter sido baixa, vulga, fofoqueira sei lah.. só fui transparente como sempre fui, acredito que sempre serei.. sinto muito por tudo isso tá acontecendo.. confesso que não queria que fosse desse jeito, dessa forma, logo agora, mas é a vida eu não pude evitar, tenho q seguir minha vida tranquila com a consiencia limpa como sempre tive... como diria caetano veloso, “a gente nem imagina a força que as coisas tem quando elas tem que acontecer...” e tudo deve se tirar uma liçao.. minha liçao tá tirada, hoje é mais facil vc encontrar o bin laden do que alguem que possa confiar de verdade! A partir daí eu lhes digo, Alair, Adauto e Camila... só voces mesmo....

#Ao som de “Nativity in black” – a tribute to black sabbath recém pinado da Safirah (paaaapo)
02:14 22/02/05

sexta-feira, fevereiro 25, 2005

nao skeci disso aqui nao!

aee povo.. do meu coraçao.. nao skeci disso aqui nao.. mas como algunssabem to sem tel.. e ainda nao tenho a modernidade de ter internet a cabo, ultimamente tenho passado por varias situaçoes scrotas na minha vidinha.. porem algumas legais.. entrei na faculdade.. ehehehe jah me enturmei com a galera, jah arranjei ateh alguns fans, sem contar q na hora do intervalo parece um show de uma banda famosa.. vc encontra todo mundo.. ehehhehe e tem aquele lance do meu email.. pra quem ainda nao sabe.. eu mudei agora eh rent_paula@hotmail.com, isso mesmo.. fizeram um jogo sujo com ele.. fiquei mt puta.. mas agora jah tah passando.. tenho ateh uns textos no meu pc que explicam exatamente o que eu tava pensando.. eh foda.. quando vc confia numa pessoa.. se dedica ao maximo pruma amizade e essa pessoa soh se sacaneia.. na minha terra invadir o email de alguem eh trabalho sujo.. algo q ninguem deve fazer.. se nao fosse pessoal nao existiria senha.. o pior de tudo.. eh que eu ainda fui engenua da situacao.. tudo bem.. deixo keto.. fico mt mt mt puta.. mas tudo bem.. soh digo agora que pra ser meu amigo agora.. vai ter que rebolar.. como diria a sandy e o junior.. ehhehehe ultimamente, muita gente tah morrendo pra mim.. axo que meu coracao tah virando um cemiterio.. mas eh a lei da vida.. dificil de entrar e rapido pra sair.. UAHuhauHAuha pensei putaria.. poizeh galera.. to comsaudade de muita coisa.. saudade do sitio, da vivenda.. eheheh esse fds estaremos lah pra matar a saudade. soudade ateh de quem me tratava mal.. por onde anda o diego mesmo? sumiu.. ehehhhe me passo naquele rapaz.. digo-lhes que continua a mesma rent de sempre.. aquela q está sempre rindo.. sendo em situaçoes perigosas ou engraçadas.. aquela carente e carinhosa como sempre.. agora mais carente do que nunca...nao posso esconder.. mas to com um buraco no coracao.. se eh que ainda tenho coracao... soh q a gente escolhe o que quer... se eh pra ser pomba lesa.. entao vai ser pomba lesa, que amor eh esse hein? na minha terra eh doenca.. vai ser mulher de malandro ateh a morte.. e o malandro.. hahahaha eh mt cara de pau mesmo oh! ridiculo.. se queimando.. feiao.. que fez sabe o que fez.. nao tem perdao.. sou mt caridosa.. ehehe dou aos pobres ateh demais IAuaUAHuaUAH paaapo.. mas dessa vez eh definitivo.. nao to nem vendo.. posso tomar no cu no futuro.. mas meu AMOR proprio eh maior do que qlker sofrimento... confesso que nao queria que isso tivesse acontecendo... nao memso.. nao agora, nao assim dessa forma, como diria caetano veloso, "a gente nao tem ideia da força que as coisas tem quando tem que acontecer..." e eh isso... pode ser que eu tenha sido grosseira, mas na verdade soh to xpondo um culhonésimo do queeu to sentindo nesse momento.. semana passado o andre me disse uma frase... muitas vezes quando a gente tah rodiado de amigos.. a gente tah soh.. e as unicas pessoas que eu posso contar na terra.. aquelas que eu tenho garantia que nunca vao me deixar na mao, eh meu pai, minha mae e minha irma... o resto.. amigo amigo.. blz.. mas sempre com o peh atras.. cansei de ser boazinha.. agora eu sou du metal.. "num eh tu q eh a doida!?" agora eu vou ser A doida.. a du metal uHAUauHAa sempre sentimental.. romantica, meiga... como sempre fui.. mas agora vai ser dificil confiar em algum amigo, nao que eu esteja generalizando.. mas eh sempre bom.. acredito que cada um eh cada um.. mas eh foda.. quando mais tu axa que conhece alguem mas esse alguem te surpreende.. por enquando eh soh isso.. depois que arranquei os dentes.. minha boca doi a cada dia.. e eu te intupo de remedios.. UAHUhaUHAU chaaato.. paaapo.. bom basicamente eh isso.. depois eu posto mais algum texto garotao.. armazenado no meu pc.. dudinha tah xegando.. acho que vai rolar uma vivenda esse final de semana.. com essa chuva todo dia tah complicando.. vou ser obrigada a durmir o dia enteiro.. preciso ir pra casa... tomar banho.. e pra facul.. ehehhe pra quem nao sabe eu to fazendo jornalismo na uninorte.. garotao... entao eh isso.. sempre rola deixar algum recado heeein? falo bjo xau!

domingo, janeiro 09, 2005

Dieta Já

Ai Wanda, tu nem sabe!
Que que foi, maninha?
Me disseram que a Rosiely deixou de comer cumida! Vê se pode?
Vixe Maria! E ela come o que agora?
Rum! Disk se alimenta agora de sol...
Ah! Lindomar... Até parece...
Mas é mermo!
Esse dialogo de duas paraenses é bem comum em cidades onde a informação é escassa e algumas pessoas se aproveitam da ingenuidade de outras somente para ganhar dinheiro em cima disso. Mas como isso funciona? É simples e comum, no Rio Grande do Sul, por exemplo, existem um grupo de pessoas que dizem que sua alimentação é feita apenas por luz solar, um pouco de água e muita meditação. E claro, é verdade! Uma verdade absurda que nenhum ser humano consegue viver sem fibras e vitaminas existentes nas demais comidas...
O mais incrível de tudo isso, é que as pessoas acreditam e tentam seguir! Santa ignorância de um país onde é considerado legal se você fizer coisas diferentes. Ainda com rótulos de "seja você mesmo". Não caia nessa roubada, você precisa refletir e questionar tudo que é imposto na sua frente. Questione até o inquestionável. Se uma pessoa chegar em você e dizer que só se alimenta de luz, mande-a tomar no cu e vá comer um sanduíche daqueles bem gordurosos cheios de cat-chup e maionese na frente dela. Ou então, deboche da cara desse otário fazendo perguntas e buscando receitas de" sol à milanesa "ou sopa de luz.
Pessoas se iludem com idéias mirabolantes para emagrecer o mais rápido possível fazendo o menor esforço cabível, e você, claro, vai na corda desses mercenários, comprando produtos, shakes, comprimidos coloridos e outros.
A academias estão lotadas de gordinhos e gordinhas achando que subindo um degrau varias vezes irão ficar com o corpo daquelas mulheres de revistas de dietas que só servem apara abaixar sua auto-estima (se ainda restar alguma) feitos para você cair na idéia de que comendo apenas torradas; você irar ficar com aquelas barrigas saradas mais aparecida com tanques de lavar roupas.
Com isso, vale a pena ressaltar que você se aceite do jeito que você é. Independente de como você seja. Não se preocupe com o seu futuro matrimonial, afinal de contas de qualquer jeito você vai ficar velho e feio. Tá certo que a obesidade faz mal à saúde, foda-se! Não vai ser magro que você vai ficar bonito. Trabalhe sua mente, cuide dos seus pés, eles irão te agüentar por toda a vida, sendo gordo ou não, Ignore o pensamento dos outros a não ser que estes paguem suas contas e mereçam satisfações de sua vida. Se não, faça o que você estiver vontade de fazer, se dar vontade de comer um bolo inteirinho, cheio de calorias e cobertura, foda-se coma, mas como-o inteiro. Sem ficar com a consciência pesada no dia seguinte.
Seja feliz, se você morrer com a taxa de glicose lá em cima e gorda feito uma porca, Vai ser a hora em que seus amigos vão mostrar solidariedade a ponto de ajudar a carregar seu caixão...


Môçá! Quanté que tá o salgado?


Estava eu em mais uma matança de dependência, no centro da cidade à procura de cds raros, quando me direciono até uma dessas barraquinhas que tem de tudo menos o que você quer... Para pedir uma água mineral, ao saciar minha sede com a água, chega em minha direção uma figura inesquecível, ela devir ter na faixa de uns 42 anos, mas aparentava praticamente o dobro, com sacolas feitas de um tecido regional que eu não sei ao certo o nome, o cabelo descolorido e totalmente despenteado preso com um bico de pato, imediatamente me perguntei: alguém no mundo ainda usa bico de pato para amarrar os cabelos? Então, o ser, faz a seguinte pergunta: "Môçá! Quanté que tá o salgado?". Quase dei um show de aplausos com a brilhante colocação do português. A "môça" devia ter na faixa de uns 32 anos, segundo a época da minha mãe ou até mesmo da minha avó, o termo moça era usado para das jovens virgens, isso prova que pelo menos hoje em dia, em Manaus, são praticamente extintos os casos de virgens então eu me pergunto. Que garantia o pequenino ser tinha de que aquela pobre atendente era eventualmente virgem, ou moça como de fato? Muito estranho... Além disso, imediatamente uma pergunta veio a minha cabeça e até hoje ela me perturba. Por que meu Deus, que as pessoas tem mania de chamar as pessoas desconhecidas de moço, moça, senhora, seu... Meu? Isso confunde a minha cabeça, isso desvaloriza imensamente o trabalho em que os operadores de gráficas tiveram ao fazer crachás e mesmo assim ainda não chamadas dessa forma. O pior de tudo isso, é que as vitimas, ainda atendem por essa denominação. Não tem necessidade disso, pensando melhor, essa seria a única forma de uma mulher desse tipo voltar a ser púbere, é uma pena... mas tá valendo... sei que quando se tem pressa, o mínimo dialogo deve ser usado mas porque falar tão errado? Não tem necessidade de tudo, isso me entristece me mostra que não adianta Ter conhecimento o problema tá no ambiente vivido. E que apenas um culhonésimo dessas pessoas conseguem evoluir...

Até quando?

Precisando respeitar a outros que hierarquicamente são taxados como seres merecedores de respeito. Hierarquia? Familiariza-se ao século XIX onde as pessoas eram submissas a obedecer a seus ancestrais. Mas a pergunta que vem em questão é de que até quando teremos que seguir essa lei sem nenhum contexto apenas abaixando nossas cabeças para sempre.
O tempo está passando e a sociedade está evoluindo à atitudes modernas enquanto pessoas que não permitiam a ordem de desfrutar da tal evolução e pararam no tempo tentando repassar seus grandiosos conhecimentos limitados criando assim mais adeptos ao conhecimento básico e comum.
Mentiras e protestos podem ser o inicio da resolução de um problema que dificilmente vai ser totalmente acabado. O que podemos ganhar com isso seria o tão requisitado respeito ou o poder da sua opinião ser ouvida e atendida. Para uma casa onde só há burocracia é importante ter essa espécie de poder dentro de uma família como esta.
A solução real, não pode ser dita simplesmente mas a prevenção dessas atitudes seria sempre a imposição. Mesmo não sendo ouvida, mas só o fato de ser aberta a possibilidade de discussão e vale a pena conquistar.

Feita em 17/02/2004

Tô nem vendo!

pra quem me conhece sabe que "num to nem vendO"é um expressao muito usada por mim.. ehhehe seria uma similar ao "to nem aih" e aih memso o "lalala!" que eu tambem sempre uso, mas de onde vem isso meu deus? poucas pessoas me manaus usam.. é estranho, alias nao quero nem que pegue.. nao quero sair por ae e ver os neguinhus falando e detalhe ainda tem o gesto ehheheh de tirar o oculos, mas realmente quando eu tiro o oculos eu nao enxergo NADA! as pessoas podem achar que eh exagero meu.. nao eh.. minha visao eh como por tras do box, (foi a melhor foda que eu consegui explicar) nao acho bunito usar oculos, talvez se eu tivesse lentes de contato realçaria mais meus olhos claros, mas é complicado, por que sabe das coisas comigo nunca veem simples, sempre vem o pacote completo, entao eu nao tenho SÓ miopia, é muito pouco pra mim tenho miopia e astigmatismo.. que caga logo tudo e porra.. eh mt xato oh... a luz de uma lampada nunca via tá no foco que ela realmente é... alias.. as pessoas podem achar que eu sou doida drogada nao importa, mas ninguem tira da minha cabeça que o espeho nao mostra o que a gente REALMENTE é.. e que ninguem nunca vai conseguir explicar porque porra.. nao eh possivel que tenha algo que mostre igualzinho como a gente é.. hehehhe nao tem fisica que me explique isso heheheh isso leseira.. mas sao as pequenas cosias da vida.,. que a gente nao questiona.. nao procura saber mais e deixa por ae.. fica tudo certo.. mas eu nao deixo isso passar nao.. o que me chama atencao por mais disprincial que seja eu vou comentar.. o meu "fantastico mundo de rent" vai sempre imaginar algo absurdo hehehe mas como eu mesma diria... to nem vendo.. aí eu fico pensando em n cooisas que poderiam ser feitas, alias que são feitas, tipo.. eu nao enxergo nada.. tudo enbaçado, tudo feião, aí vem a medicina, me dá um pedaço de vidro e pronto.. enxergo tudo direitinho.. cinistro! pensar nessas coisas me deixa muito confusa sei lá, nao sei o que pensar direito, volto até falar.. pode ser um questionamento idiota mas se voce parar pra penar em tudo que é/foi feito tu solta um "caralho!" sem noçao.. ehehhe leso mas sem nocao...

é foda ser sem moral

23:51 05/01/05
caralho to muito puta com a minha vida ultimamente.. aqui em casa asso o dia sem fazer nada.. acordo depois do almoco, passo o dia sem fazer nada.. sem ter nada pra fazer.. já sei os livros decor, nao tenho dinheiro, nao posso sair, quando dah depois da meia noite nao posso nem conectar que pelo menos falo com as pessoas que conhece, leio um pouco enfim de destraio de alguma maneira, mas nao.. agora eu tou roubando! porra tah certo.. a fdp da camila passa o dia no telefone.. a conta dha cara e claro.. a culpa eh minha, soh dá pro meu.. agora porra eu sou toda preocupada.. soh entro depois da meia noite poruqe sei que a tarifa é super reduzida.. se tiver chovendo eu desconecto desligo o computador com medo de queimar o modem (se queimar mano.. ae só lan house mesmo) vivo verificando o antivirus pra ver se nao tem nenhum virus mt fudido.. por que eu sei que o computador é lento.. nao guenta muita.. mas de que adianta? de que adianta ter vivax se nao tenho papaleguas.. sem contar que nem posso ver os filmes até tarde já que é o melhor horario de filmes é de madrugada.. mas nao eu tenho que durmir.. pra que? pra acordar cedo e ter mais tempo pra nao ter nada pra fazer? soh pode hein.. agora querem que eu arranje um emprego, deve ser melhor mesmo, pelo menos eu ocupo meu tempo, conheco pessoas, saio de dentro de casa ainda ganho por isso.. porra o que eu nao entendo é que eu passei a porra de tres anos fazendo a porra do ensino medio pra agora tá de ferias! na minha concepcao ferias é sair.. diversao.. entretenimento, essas coisas.. mas aqui em casa ferias eh nao ter nada pra vc, e LUTAR pra nao ter.. e se tiver eh lavar louça, dar banho em gato, arrumar o guarda-roupas.. ah mano vá se fuder, gato eh higienico ele mesmo "se dá"banho, minhas roupas sao MINHAS roupas se eu sair com elas amassadas de quem vai ser o problema? caralho isso tá me xtressando.. só melhora quando eu olho pra porta e vejo o super braço do vin diesel no poster do triplox hehehe por que tá foda hein.. tao controlando até minhas musicas, minha mae veio me dizer que raul seixas era um drogado.. meu deus.. QUEM hoje em dia no mundo da fama nao eh drogadO? pelo menos alcolatra? ninguem meu deus, mas nao adianta falar... minha opiniao e merda a merda ganha disparado! mas tudo isso vai mudar.. amanha.. eu vou tá dumetal.. agora nao.. por que a minha mae tá mt gripada.. tossindo muito nao quero que ela se estresse AGORA! isso nao eh uma ameassa.. mas porra tá passando dos limites.. jah to ateh vendo.. daqui a pouco ela vai abrir a porta do quarto e vai falar "desliga logo esse computador renata! vai logo durmir!"e sai andando pelo corredor falando "hora de dormir eh de noite nao passar a manha toda durmindo" meu deus até quando vai ser isso.. porra agora comeocu a tocar a musica que eu sei que e de algum filme.. a musica eh muito fofa mas eu nao me lembro de que porra de filme que é.. nem de quem é.. nem o nome dela.. doooido.. isso..mas imagino que seja aqueles pretos sarados.. (ô preto sarado!) hhehhe tipo usher, mas nao é o usher.. pelo menos eu acho.. por falar em usher.. eu achava que o usher nos eua era como o latino aqui.. e agora que eu vi.. o usher tem moral pra caraleo, dinheiro pra porra e tals.. e o latino meu deus.. iuAUhauHUA tah bombando com o hit "vai ter festa lah no meu ap, pode aparecer vai rolar bundalele" caralho essa foi boa.. tenho certeza que ela vai ficar sentida.. ainda ai durmir no meu quarto.. obrigada.. o ar condicionado dela fez o favor de pifar.. logo hoje.. claro.. hj eh o dia especial pra pifar ar condicionados.. ah ela que eu to falando eh a minha mae, ela entrou aqui no quarto... a fdp ainda olhou pra ver se o fio num tava aqui num tah nao lesonna :P) perguntou se a rede num tava aqui no quarto ae eu:"nao, ainda nao roubei ela aqui nao..!" acho que ela remungou alguma coisa.. mas naum tem essa ela sabe que eu vou tudo ae peh da letra.. nao sou mt rancorosa.. mas quando eu quero ser, meu amigo..pode crer.. ehehheh eh aquele lance.. vc vai me conhecer vai ser tudo du caralho vo te tratar super bem.. mas sacaneia comigo pra ver o que vai acontecer com sua vida.. e nao eh ameassa nao.. mas nao sou mt de levar desaforo pra cas.a. claro que nao sou barraqueira.. porem sempre rola um sarcasmozinho de leve... to pensando.. acho que nem vou durmir lah no quarto hoje.. vou ficar por aqui, tá quente pracaralho.. mas vou ficar.. caralho primeira muscia de sucesso da cristina aguilera, nem sei como se escreve, gine in bodle.. sei lah..mas eu me lembro que ela tocava no tropical.. DAS TREEVAS! na epoca que pra eu sair.. tinha que pedir com um mes de antecedencia pro meu pai, e tinha que ir deixar e levar.. IHAUhauHAU era doida essa epoca.. nao agora sabe o que que eu queria? que faltasse luz.. agora.. que doido.. isso ser o maior esforço a toa.. ela deve tah pensando mil coisas.. que eu soh ajudei ela com o colchao pra agradar no cu.. soh nao gosto que fiquem entrando no meu quarto.. porr amas se falata luz.. inperfeita as coisas.. será que existe essa palavra inperfeita? vem de deixar perfeito.. ehehhe deixa belo seria embelezar.. deixar perfeito? vou ver um pouco de tv.. ¬¬01:32 06/01/05

hoje eu vi o Josh

22:40 05/01/05
ainda eh meio stranho eu falar QUEM é o josh na minha vida.. é um pouco complicado, mas vamos lá.. desde 2001, eu tenho/tinha mantido uma amizade um tanto forte com 5 meninos (josh, edney, saulo, carlos e celso) era do tipo todo mundo irmao, todo lugar que iamos ia todo mundo junto, fazendo sempre as mesmas coisas, sempre com aquela intimidade, aquela amizade, aquela irmandade que todo mundo sabe como é, as coisas foram esfriando, todo mundo criando certas responsabilidades, mudando de condominio, ciumes sempre rolavam. mas meu tratamente com todos eles sempre foi aquela coisa de irma mesmo, apesar deu ser a unica mulher na turma, eu tambem era vista assim.. como uma irmanzinha que eles nunca tiveram, beleza isso me dava uma segurança sabia que eu tinha amigos, que tinha alguem pra contar nos momentos escrotdas da mnha vida.. e eles tabem sabia que acontecesse o que acontecesse eu iria tah sempre do lado deles.. até que quebrou a regra... num dia de loucura aconteceu o que nao devia, nao da forma como foi eu imagino... e aconteceu com o JOSH! claro o josh, o mais galinha.. mais num to nem aí pra quem é a mulher e sim se for mulher tá tudo certo, penso as vezes que foi melhor, antes um amigo do que um carinha safado que se passava por namorado só pra depois sair falando.. era ateh bom.. pelo menos eu conhecia sabia que iria sempre manter contato, mas hoje eu o encontrei com a monica (namorada dele) ele meu deu dois bejinhus!! como assim? achei mt stranho, se fosse nos outros tempos ele podia até mesmo tá namorando que eu daria um super abraço, por que querendo ou nao eu ainda tenho um certo carinho por ele, ele nao eh qualquer um, pode passar quanto tempo for sabe, mas é estranho o fato do tempo passar e as pessoas "esquecerem" das outras. Porra nao tem essa o que tu conquistaste no meu coraçaro pode passar 1, 2, 3, 1000 anos que eu ainda vou te considerar da mesma forma, por exemplo o josh, ele sempre vai ser O josh, nao um josh qualquer, nao tanto pelo que ele fez, mas pelo tempo que a gente passou junto sabe, tanto ele quanto todos os outros meninos, se els nao faziam/fazem questao da minha amizade foda-se eu fiz a minha parte, fui amiga até a ultima ponta e nao me arrependo disso sabe, acredito que tudo que vc for azer na sua vida, nao que vc seja mas deve procurar ser o melhor no que vc faz, entao se for pra ser amiga que sejaaquela SUPER amiga, independente se vc nao for retribuida, claro que tambem nao vai ser lesa, mas hoje quando eu o vi, sei lá, foi tão estranho, dirente, comigo foi diferente, acho que fui todo ao contrario ehehhee, eh complicado, espero que nao tenha um padrao, mesmo por que se tivesse já era hehehe iria ser humanamente impossivel (rs) eu está dentro dele.. hehehe mas acho bom assim... ele lá e eu aqui, seria pior se ele nao olhasse na minhacara aih sim eu ia ficar mordida. ehhehe desejo todo de bom pra ele, onde ele estiver ele sempre vai ser o josh no meu coracao! heheheh (grandes merda hein...)

Sobre Érika Daine


01:16 30/12/04
porra hoje faz dois anos que eu não vejo a minha loirinha. não pessoas.. não é a minha cerveja preferida.. é a minha amiga Érika que viajou pra Paraíba e desde então nunca mais voltou... quem me conhece sabe o quanto eu sinto falta daquela menina.. no inicio ela chegou aqui.. uma molequinha... que gostava de legião urbana e Sandy & Junior, eu uma garota desbocada apaixonada pelo vizinho da frente.. e não estava nem aí para os estudos...ela ficou por 4 anos, e foram os melhores anos da minha vida.. era a época em que ninguém queria nada com nada, não tinha obrigação nenhuma.. ehhehe apesar de eu hoje em dia não ter também.. hehehe mas parecia que tudo era festa.. tudo tava tudo certo.. passava tardes comendo brigadeiro com pipoca e depois aquele super pirulito vermelho.. porra não tem essa todo vez que eu vejo alguém com esse pirulito me dá uma vontade enorme de chorar de dizer.. porra Érika... "volta pra casa cara.. eu sinto muito a tua falta.. tem que coisa que tu precisa saber, muito gente nova e interessante que tu precisas conhecer" mas eu sei que é praticamente impossível.. e o pior meu deus.. eu não dei valor tempo que ela tava aqui, fui uma egoísta.. e me arrependo muito disso.. eu e ela.. passamos um tempão sem se falar.. "achava ela muito criança" quem era eu pra achar isso dela.. ela que sempre me zelou com tanto carinho sempre se preocupou comigo... e sempre foi mais ajuizada e responsável do que eu, eu era um ano mais velha que ela meu deus.. era ridículo isso.. ainda bem que consegui consertar a tempo... ela me perdoou sem pensar duas vezes.. sabia que tava viajando quando disse aquilo... me lembro como se fosse hoje.. o dia que ela foi embora.. tava chovendo.. eu ia prum aniversario com a Loyana de alguém que eu não tinha a mínima idéia quem era.. e nem pude ficar os últimos minutos com ela.. (a mãe dela era muito legal...também nem ela queria aquele clima em casa), entrei na casa dela.. sabia que era hoje.. hoje quase que o ultimo dia.. mas a ficha ainda não havia caído.. entrei, a casa dela estava toda sem moveis, isso por q ela também tava sofrendo.. vivia a ilusão de que aqueles moveis era do amigo do pai dela.. nunca.. era ia embora sim.. me deixar aqui.. ela tinha acabado de tomar banho, ainda tava de toalha.. no inicio achava que eu não ia chorar.. mas quando vi.. tava me derramando em lagrimas.. e ela idem.. eu pensava que nunca mais ia ter nenhum contato com aquele menina que fizera parte da minha vida.. afinal de contas ela ia morar no cu do mundo.. onde internet é coisa do futuro... fiquei mal.. por muito tempo.. não podia ver nada que me lembrasse dela.. que na hora instantaneamente começava a chorar.. pra você ter uma idéia.. eu fui diversas vezes "chamá-la na casa dela.." por que ainda não tinha caído a ficha de que a Érika.. loirinha .. piu-piu.. sei lá.. não ia tá mais lá.. você precisava ver o estardalhaço que eu fiz quando ela me ligou pela primeira vez depois que ela viajou.. era um domingo dia do teleton.. eu atendi o fone.. ela falou com aquela voz baixa.. sotaque nordestino.. ela soltou um "Renata!?" meu deus.. na hora eu dei um pulo.. falei "meu deus! loirinha?!" parecia que fora a melhor fez que meu nome tivesse sido pronunciado! caralho nem eu nem ela conseguíamos falar só chorávamos... até hoje eu ainda choro muito.. tipo como eu to fazendo agora só escrevendo esse texto.. passar cinco minutos falando dela.. pode prestar atenção.. meus olhos vão estar cheios de lagrimas.. minha voz VAI estremecer.. aí eu vou falar "lalala.. quero chorar" e das duas uma.. ou você deve mudar de assunto pra que pelo menos eu melhores.. ou se você fizer alguma pergunta.. eu vou chorar até não querer mais.. todo mundo sabe que na minha vida eu não tenho segredos.. é um livro aberto.. mas o único segredo que eu tenho.. único assim.. daquele que eu tenho certeza que de são bento não vai sair.. é ela que sabe.. pode não ser nada demais.. mas pra mim.. é o meu segredo.. meio precioso.. e ela sabe.. ela me conhece como ninguém.. ela sabe responde rum questionário mais pessoal que seja.. ela sabe o que eu vou fazer e/ou falar.. não que meus outros amigos íntimos.. não saibam.. ou iriam se perder.. mas sei lá.. ela é diferente.. não que ela seja mais especial que meus outros amigos.. diria que de dois anos pra cá fiz amizades muito marcantes.. mas eu não sei explicar.. eu nem cobraria o mesmo dela.. ela tem a vida dela lá.. eu vou continuar aqui.. vivendo a minha vida.. se um dia ela me esquecer não importa.. só digo que EU nunca vou esquecer dela.. nunca cara.. esteja onde ela estiver, ela sempre vai ser a minha lorinha... :~(
01:32 30/12/04

Para Magoo


00:58 28/12/04
Muitas vezes posso ser vista como sem coração, insensível, egoísta o que for... mas acredito que cada um deve faz o que estiver a fim no momento.. sem se ligar no que o outro na Malásia pode se ofender.. mas nem aquele lance: "se num agüenta, porque veio?" tudo deve ser tratado de uma forma sensata, se eu tou solteira, posso ficar com quem eu quiser, a não ser que vc ainda vai ouvir o que sua mãe te dizer, não deve satisfações a ninguém, estou livre, rolou clima.. e pronto.. fui lá e fiquei, agora ficar se roendo, "perguntar" pros outros se eu agi certo? ah mano, dá licença.. isso que não faz sentido.. quando um não quer dois não brigam.. exceto o caso do maníaco do parque e de outros "amiguinhos" das mulheres por ae e se vai ter gente que vai se duer, ficar magoado com freskura.. o que for.. foda-se mano.. te fode ae.. nu sou eu.. ehhehee tambem não eh bem assim.. deve haver respeito acima de tudo.. mas tbm mano.. dá um tempo.. pára de chorar.. vive a tua vida "saí do meu pé. vai te fuder, te amo o caralho.. soh queria te comer.." é tipo como diz a musica.. o saulo diz que eh pq eu nunca amei ninguem.. que eu não sei o que é isso.. mas porra.. o bife que me desculpe.. deus me livre. passar pelo que ele tah passando da forma como ele tah passando.. meu orgulho está mt a cima disso.. aonde que por que um cara.. que eu me dediquei com o namoro.. diz de tudo pra manter um relacionamento feliz.. nunca menti.. nunca sacaniei.. se ele me largasse.. aonde que ia ficar me flagelando.. me excluindo... fazendo drama e o caralho.. claro.. vou ficar mal.. na fossa... chorar pra caralho.. mas e aih man é soh um cara.. se ele fez tudo isso.. porq q eu vou ficar na merda for ele.. logo ele que nao deu valor anda que eu fiz.. isso não existe, sou uma pessoal extremamente de bem com a vida.. muitos dizem que até demais.. as vezes não levo a serio o que de vez em quando é pra levar.. posso tá de quatro pro cara.. (opa!) mas sempre vou procurar agir com a cabeça.. por que quando a gente deixa o coração fluir.. não tem essa.. a gente sempre vai ser fuder.. e taí uma coisa que eu evito ao máximo é não sofrer por amor.. sofro assim.. quando brigo com algum amigo meu, ae eu fico mals.. meus amigos, família e gatos são as únicas coisas que eu tenho.. se não for atras de preservar, e como diz o Milton nascimento.. guardar a sete chaves, eu vou viver sozinha no mundo.. amarga e sofrendo a cada dia por amor de um cara que só quer me comer.. assim não que eu não queira dar.. ehhehee afinal se eu to tento alguma coisa com ele é por que no MINIMO ele tem alguma coisa que eu gosta.. tirando a hipótese deu tah bebada que as vezes nao rola sentimentozinho nenhum.. soh loucura de momento.. que alias vou acabar com isso.. tah aih uma meta pro ano que vem... deixar de ficar por ficar com esses carinhas bebada... voltando ao assunto em questao! acho que sentimento deve ser levado a serio, nao entrando em contradicao.. mas o sentimento pelo menos de respeito.. como outro ser que ali está sofrendo.. não gosto de cuspir pra cima.. por que caih na cara.. e fica foda de limpar depois.. mas vejo assim.. por mais que eu esteja mal por um cara.. sofrendo.. xorando... enxendo o saco de todo mundo... por falta dele.. o fato deu ver ele com outa menina.. que com certeza vai ser trika... por que parece uma COISA! quando tu nao quer ver o cara com nenhuma mulher.. ele vem com uma horrorosa.. e eu axo q eh soh pra ti se sentir mais ainda no chao! entao.. se eu o vir, aí que eu vou ter motivos pra esquecer de vez esse fdp que tah me fazendo sofrer. por que ele rubricou que nao me merece.. que nao tah nem aih pelos meus sentimentos,.. e está negando todo o sentimento doce e fiel que eu TINHA pra dar pra ele.. alem de ter me dado motivos e ferramentas eu diria pra sacanear com a cara dele.. tipo "aaah pegando essa skrota!" LOSERRRR! Pronto.. assunto praticamente resolvido.. resta depois disso eu achar um carinha legal que me der o valor que o fdp não me deu... ehhehehe
01:06 30/12/04

Pra começar o ano


Bom como algumas pessoas sabem, nos anos impares eu faço diário da minha vida.. não aquela coisa de "querido diário, hoje eu fiz isso, isso e isso!" mas onde eu organizo meus pensamentos e coloco em dia o que tá acontecendo com a minha vida, onde também ninguém tem acesso.. achando uma certa injustiça não divulgar meus pensamentos, pensei que nesse ano deveria ser diferente, alem do diário faria um blog, onde eu poderia falar o que eu quisesse as pessoas teriam acesso livre, pois bem esse é o primeiro post, quero dar-lhes boas vindas, e dizer-lhes que é um prazer de Ter você como leitor do meu blog, sempre que achar necessário comente sem temer, apesar de já Ter uns textos guardados, aos poucos irei postando pra que chegue uma hora tudo fiquei igual. Meu ano já começou meio conturbado.. uma noticia em cima da outra e deixou a cabeça da Mongalera, e no amigo fdp foi mostrado muita coisa.. como diria os viados, foi um "bafom", "um auê" caraca babado forte meismo! Muito louco a vivenda.. porem deixou muitos chateados, e como eu tava falando com um amigo.. "meu amigo(rs), se o ano continuar no ritmo que começou minha vida vai virar the oc" muitos sabem do que eu to falando, outros aos poucos vão sacando, não que eu queira deixa um mistério, mas é meio delicado e aos poucos vou expondo meu pensamento sobre isso.. esse blog não é de polemicas, é apenas de uma jovem que gosta de escrever, comente sempre que achar pertinente. Por hoje é soh isso, depois vou colocando mais textos antigos e vocês vão me conhecendo melhor... não gosto muito da expressão "feliz ano novo!" mas que este ano seja bem tranqüilo para todos.. e possa nos surpreender com coisas deliciosas! Até mais...!
P.S- pra quem não manja de "mongalera" a turma que eu tenho mais contato, meus amigos de fé irmoes camaradas, mais informações:
www.rentinha.myflog.com.br
http://rodrigo_mari.fotoblog.uol.com.br