Total de visualizações de página

domingo, dezembro 31, 2006

E se a cama quebrar?

Sem quase a metade dos parafusos

Barulhenta

Velha

Balançando

O peso é duplo

A velocidade continua

Vai aumentando

Aumentando

O som é uma sinfonia

Gemido

Respiração ofegante

Lambidas

Grunidos

Sussurros

barulho

Intenso

Aumenta

Não pára

Balançando

Continua

Vai cair

Vai quebrar

Não agüento

Aaaaaaaaaaaahhhhh!

Nenhum comentário: