Total de visualizações de página

segunda-feira, abril 08, 2013

O curioso caso do manja-rôla do Carrefour

Boss Of Me by David Bowie on Grooveshark


Quando eu tava na faculdade passava praticamente 2/3 do dia perambulando pelo Centro da cidade. Isso me rendia várias aventuras, mas uma na qual eu sempre tive curiosidade de participar mas biologicamente seria inviável é o contato direto com o “manja-rôla do Carrefour”. Nunca o vi pessoalmente, não consigo nem explicar como ele realmente é, mas de acordo com depoimento de alguns amigos, ele realmente existe.
O Centro em qualquer horário ou dia é um ambiente de muita pirocação. E eu aprecio de longe, juro. Mas to ligada que tanto em vestiários, banheiros públicos, terminais de ônibus e até supermercados, sempre tem um desocupadinho ali no banheiro afim de manjar uma rolinha.
Imagino que todo homem, seja ele bem dotado ou não, já tenha passado por uma situação como essa. E dependendo do dote do rapaz, já até recebeu alguma proposta. O que deixa a situação ainda mais engraçada. Afinal de contas, se acontece é porque alguém cai. Mas não me foge a imaginação da pessoa que vai mijar e acaba gozando durante a viagem.
O manja-rôla do Carrefour já foi denunciado pela policia, acredito que deva ter algum funcionário do supermercado que segura as broncas dele. A lenda se propagou de uma tal forma que até surgiram outros pupilos no DB (do outro lado da rua) e no banheiro publico que tem ali perto do Relógio da Matriz.
Há quem afirma que os adeptos do voyerismo são vítimas de muito preconceito, porque quem olha, observa e fica atento a cada movimento, tem a sua forma de sentir prazer. Mesmo que não haja toque... Como pedir, sugerir e até [quem sabe] pegar no membro do colega.
Diante de tantas lendas sobre o banheiro feminino, confesso nunca ter ouvido falar em alguma “manja-xana”. Seria tosco demais, tá no desconforto de um banheiro publico, no equilíbrio de acertar a privada, com as pernas torneadas [quem é mulher sabe do que eu to falando] e ainda se deparar com um olhão por cima da cabine. Tenso demais!

2 comentários:

José Wilson Junior disse...

Cara, não sabia que tinha banheiro no carrefour, várias vezes eu quase me mijo de tanta vontade de mijar por falta de um banheiro que dê pelo menos pra levar meu mijo pro esgoto, pq mijar no centro é foda, eu por exemplo fico fazendo força pra mijar o mais rápido possível pq fica um monte de gente vendo eu mijar e sempre, SEMPRE, acabo mijando alguma parte da minha mão, um dedo ou até mesmo uma esguichada do mijo pegando na parede e respingando na calça. HUHUHUHUHUHUHAUHAUHUAH.
Da próxima vez vou mijar no carrefour e se essa criatura quiser ver minha tchôla, vou mijar é nele huahauhua, vai pegar uma mijada "segura" que nunca mais vai querer manjar a rola de ngm, cara uma vez no amazonas shopping, a amanda é minha testemunha, fui mijar no banheiro da praça de alimentação do Habib's e lá já tinha um cidadão segurando uma bíblia e estava tipo "manjando" quem entrava e saía, até ae blz, passei por ele e me desloquei ao mictório pra fazer meu serviço,ae Renata, bixu, o fresco veio mijar no box ao meu lado, botou a bíblia na pedra de escora de coisas (nem sei como chama aquela pedra acima do mic) e logo em seguida esticou o pescoço pra ver a minha cria, cara, eu olhei pra ele e disse: "Tu é fresco fdp?!!! Eu vou te dar um cacete aqui caralho!" e fí de puta só voltou com o pescoço pro lado dele, cara, eu saí em disparada e nem lavei minhas mãos e o fresco ainda veio atrás de mim pra minha falta de sorte, eu virei pra ele e já ameacei um morro e disse "se tu continuar andando atrás de mim eu te quebro veado!" tive que avisar um segurança pra não cometer um crime penal, enfim, tudo isso é pra tu manjar o manja rola apostólico do am shopping e que é tenso tb hauhauhuahua, mto massa a matéria! ~v~

Porra nenhuma! disse...

Manja-rôla foi foda...
Hahahh