Total de visualizações de página

segunda-feira, junho 06, 2011

Sem #mimimi o namoro pode ir longe...

Não é de hoje que algumas amigas que ainda namoram reclamam sobre a falta de atitude dos namorados. Conversando com uma delas, eu percebi que esse lance de atitude que elas tanto cobram não é um bicho de sete cabeças. As vezes um gesto mais autêntico, menos óbvio faz toda a diferença. 
Eu concordo que entender o que se passa na cabeça das mulheres não é uma tarefa muito fácil, mas existem opções que podem surpreender e fazer com que os homens ganhem pontos com a parceira. 
Um exemplo disso é a escolha de um local para o fim de semana. A tão comentada rotina as vezes persegue casais e se o homem não procurar se impor na relação vai acabar perdendo certos direitos. Vale ressaltar que essa imposição, não significa mandar na mulher e obrigar que ela vá em um encontro para ver você bebendo, jogando videogame ou dominó com os seus amigos até altas horas da madrugada. 
Um grande segredo para que um namoro dê certo é a sociabilidade do casal tanto sozinhos quanto para com outros casais e amigos. Uma vez que o casal consegue dosar isso e outras ‘cositas’, pode contar com um bom futuro.
Uma atitude simples que geralmente faz toda a diferença, aconteceu outro dia com um casal amigo meu. Não vou citar nomes para que não haja controvérsias, mas ela era uma das que reclamava que o namorado era meio passivo na programação do casal.
Ele chegou um dia, com aquele discurso “te arruma que a gente vai sair”, até essa grosseria a gente engole, já que vai ser levado para um programa diferente. Basta um restaurante diferente, um passeio no parque no fim da tarde até uma sala diferente de cinema vale.
Parece até que as mulheres se contentam com pouco, mas na real, é que a gente não faz mais a linha menina-moça que sai da casa dos pais direto para casa do marido e segue adiante cuidado dos filhos e dos afazeres domésticos.
As mulheres querem fazer faculdades, MBAs, cursos e especializações. Querem ter bons empregos, independência financeira, dirigir, ter carro, não que os homens não almejam isso, mas eu analiso as mulheres uma necessidade mais imediata dessas ações. Mesmo com tudo isso a caminho, a mulher não vai querer ter que decidir até o canto da mesa em que vai sentar quando chegar o final da semana.
Claro que ainda existem as moemas, que seguem essa linha do tempo da vovó, alguns homens até preferem para que não haja opiniões contrárias.  Porém, a maioria das minhas amigas são diferentes e querem atitude masculina.

Nenhum comentário: