Total de visualizações de página

sexta-feira, março 15, 2013

Mais perto, mais longe...



Be A Bee by Air on Grooveshark 

Nunca me prestei a ler aqueles livros que dizem que homens são de marte e as mulheres de júpiter, não consigo entender as relações hormonais quanto a isso, mas o que posso afirmar é que muitos casais se aproveitam da “dessincronia” pra darem certo. E eu meio que de uma forma expectadora, tento me aproveitar ao máximo das experiências alheias para servirem de lição, caso aconteça [ou não] comigo.
Longe daquela balela de que os opostos se atraem, eu to falando de percepção, conhecimento para conseguir decifrar os sinais dados. E dos seres mais extremos se tiram os laços mais firmes. Mas é que no meio de tanta facilidade, tanta promiscuidade, porque não pensar que ele é mais um que "SÓ quer te comer".
A mulher precisa de bem mais que o um Manual doCafajeste pra entender que aquela relação só vai dar em choro. E perceber o momento de se aproveitar do sexo, porque não? Afinal de contas, ninguém vai querer passar muito tempo numa relação em que os corpos não se encaixam direitinho... testdrive já!
Na moral há quem diga que minhas relações são até modernosas, tenho certeza de que não me isento das meninices... eu não tento ser diferente mas tento me colocar como prioridade. Já me chamaram até de generosa... #euri
Não é a hora de concluir esse assunto, portanto, um processo de desintoxicação é diretamente proporcional ao esforço em não cair no vício. O tamanho da força é até incalculável, acho que só anos de experiência conseguem definir exatamente o que é.

Notaram que tô me modernizando em relação ao blog. Agora todo post vai ter uma musiquinha pra servir de trilha sonora do texto.  Enjoy!


Nenhum comentário: